Honda segue intacta na MotoGP

Porta-voz diz que saída da F-1 não afetará as demais atividades da marca no esporte a motor.

Por Leandro Alvares

A surpreendente decisão da Honda em abandonar a Fórmula 1, anunciada nesta sexta-feira no Japão, em nada afetará a seqüência de atividades da equipe oficial da marca no Mundial de MotoGP. Quem garante isso é o porta-voz da montadora na Europa, Paul Ormond.

“Esse episódio não interfere nos demais compromissos que a Honda tem com o esporte a motor”, declarou o informante, em entrevista ao site da revista “Autosport”.

“Estamos estudando várias maneiras de reduzir nossos gastos, assim como tenho certeza de que as demais equipes estão fazendo. Seja na MotoGP ou em qualquer outra categoria do motociclismo”, completou.

De acordo com o presidente da fabricante nipônica, Takeo Fukui, a crise econômica mundial fez com que a empresa abandonasse a F-1. “A Honda precisa garantir a continuação de seu foco principal, a construção e venda de automóveis”, justificou.

Na MotoGP, o time de fábrica da companhia japonesa é uma das principais forças do grid. Em 2009, terá como pilotos o espanhol Daniel Pedrosa e o italiano Andrea Dovizioso.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br