Hayden confirma saída da Repsol Honda

Ex-campeão da MotoGP conta à 'Motosprint' que será o novo parceiro de Stoner na Ducati.

Por Leandro Alvares

Sem mais paciência para aturar a pouca atenção recebida por parte da Repsol Honda, Nicky Hayden revelou nesta semana que realmente vai mudar de equipe para a temporada 2009 da MotoGP. Como muitos previam, seu destino será a Ducati.

Em entrevista à revista italiana “Motosprint”, o campeão de 2006 abriu o jogo sobre as negociações com o time italiano, as quais segundo ele estão a um passo de serem finalizadas.

“É hora de mudar, preciso fazer alguma coisa diferente. Não posso falar muito agora, mas haverá um anúncio oficial em breve”, afirmou o norte-americano.

“Quero trabalhar em equipe novamente, num lugar onde todos trabalham na mesma direção e compartilham as informações. Mal posso esperar pela chegada deste momento”, prosseguiu o piloto, que já aproveitou para falar sobre seu futuro companheiro.

“Tenho muito respeito pelo Casey (Stoner), pela maneira como ele cresceu como piloto e da forma como conduz o trabalho. Ele se preocupa somente com seus negócios e deixa os resultados falarem por si. Não terei problemas ao lado dele”, previu.

A mudança de equipamento foi outro ponto comentado por Hayden. O estadunidense não acredita que vai passar pela mesma decepção de Marco Melandri, que até hoje não se adaptou à máquina italiana.

“A moto tem um enorme potencial em função do seu motor. O Casey sabe lidar com ela muito bem e merece muita consideração por isso. No entanto, prefiro não falar muito sobre o equipamento antes de fazer os meus próprios testes. E não acho que as características da moto serão parte do meu desafio. Eu só quero voltar a obter bons resultados", ressaltou.

Por fim, Nicky comentou a mudança de pneus de seu atual parceiro, Daniel Pedrosa, que teve a chance de trocar os compostos da Michelin pelos da Bridgestone. “Nunca estive em condições de escolher na Honda, mesmo que eu já tivesse falado sobre isso. Mas não fiquei surpreso por terem aberto esta oportunidade a ele. Em Misano eu já não tinha a mesma suspensão que deram para o Dani, por isso nem cogitei a possibilidade de receber os novos pneus”.

Resta agora aguardar o anúncio oficial da Ducati sobre sua dupla titular para 2009. Na Repsol Honda, o mais provável é que Andrea Dovizioso — atualmente na JiR Scot Team — seja o escolhido para correr ao lado de Pedrosa.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br