Grid praticamente fechado para 2008

Restam apenas 2 vagas para a nova temporada da MotoGP. Brasil deve ficar de fora do Mundial.

Por Leandro Alvares

Leandro Alvares

Com a ida de Toni Elias para a Pramac d’Antin e de Shinya Nakano rumo a Gresini Honda, a MotoGP praticamente definiu o grid da temporada 2008.

No próximo ano, a lista de pilotos e equipes será bastante diferente em relação à do torneio atual, graças à forte intensidade da “dança das cadeiras”.

Dos nove times que já anunciaram seus pilotos, apenas um manteve o mesmo escalão de 2007: a Repsol Honda, que segue com Daniel Pedrosa e Nicky Hayden.

A Ducati, atual campeã com Casey Stoner, trocou Loris Capirossi por Marco Melandri. O italiano demitido encontrou um lugar na Suzuki, escuderia que perdeu John Hopkins para a Kawasaki. Esta, por sua vez, ficou sem Randy de Puniet, que foi parar na LCR Honda.

Na Fiat Yamaha, Valentino Rossi terá o espanhol Jorge Lorenzo como seu novo companheiro. Com a chegada do bicampeão das 250cc, Colin Edwards acabou sendo deslocado para a Tech 3, onde será parceiro de James Toseland, campeão do Mundial de Superbike.

Outro estreante confirmado para a próxima temporada é o italiano Alex de Angelis, que correrá ao lado de Nakano na Gresini. Já a Pramac d’Antin, que foi representada na maior parte deste ano por Alexandre Barros e Alex Hofmann, estará 100% de cara nova, com o espanhol Elias e o francês Sylvain Guintoli.

As vagas ainda disponíveis estão na Team KR e Konica Minolta Honda. Da primeira, no entanto, espera-se apenas a definição de qual dos irmãos Roberts — Kenny ou Kurtis — defenderá a escuderia. Para a segunda, o nome mais cotado é o do japonês Makoto Tamada.

Entre os que perderam espaço na categoria, como Hoffman e Carlos Checa, o destaque triste para o Brasil é a presença de Barros nesta lista. O veterano, responsável pelo melhor resultado da história da Pramac ao chegar em terceiro no GP da Itália, estuda a possibilidade de retornar ao Mundial de Superbike ou se aposentar.

Como neste ano, a temporada 2008 será composta de 18 etapas. A primeira delas, de acordo com o calendário provisório divulgado pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo) em setembro, será disputada no dia 9 de março, no Catar.

Confira a lista de equipes & pilotos para 2008:

Ducati Marlboro
Casey Stoner (AUS)
Marco Melandri (ITA)

Fiat Yamaha
Valentino Rossi (ITA)
Jorge Lorenzo (ESP)*

Repsol Honda
Nicky Hayden (EUA)
Daniel Pedrosa (ESP)

Rizla Suzuki
Loris Capirossi (ITA)
Chris Vermeulen (AUS)

Kawasaki Racing
John Hopkins (EUA)
Anthony West (AUS)

Yamaha Tech 3
Colin Edwards (EUA)
James Toseland (ING)*

Gresini Honda
Shinya Nakano (JAP)
Alex de Angelis (ITA)*

Team LCR Honda
Randy de Puniet (FRA)

Pramac d’Antin
Toni Elias (ESP)
Sylvain Guintoli (FRA)

Team KR
A definir

Konica Minolta Honda
A definir

*Estreante.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br