Gibernau já pensa em novos testes

Após treinos em Mugello, espanhol diz esperar conversa com a Ducati para agendar outros ensaios.

Por Leandro Alvares

Sete Gibernau completou ontem, em Mugello, seu terceiro e último dia de testes desta semana com a Ducati, equipe que defendeu no ano em que se despediu do Mundial de MotoGP, em 2006.

A bordo da Desmosedici GP9, o espanhol cronometrou 1min51s7 na passagem mais veloz, uma evolução de dois segundos se comparado ao tempo de terça-feira. Agora, o aposentado espera sentar com o time vermelho e estudar a possibilidade de treinarem novamente.

“Este foi um presente maravilhoso que ganhei da Ducati. Voltar a conduzir uma moto da MotoGP foi um grande prazer. Agora eu quero voltar para casa e refletir sobre tudo o que se passou nesta semana. Depois, junto com a Ducati, veremos a possibilidade de realizar novos testes”, afirmou o vice-campeão de 2003 e 2004.

Seguindo o ritual de elogios, a Ducati agradeceu a ajuda de seu ex-contratado e admitiu que irão conversar sobre outros ensaios. “Quero dizer muito obrigado ao Sete por ter contribuído muito conosco nos trabalhos com a Desmosedici GP9”, declarou Filippo Preziosi, diretor-técnico da escuderia.

“Apesar de dois anos sem correr, ele se readaptou muito rápido ao equipamento e conduziu perfeitamente nossa programação. Sem dúvida, vamos discutir sobre mais treinos”, completou.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br