Erro na 125cc fez o primeiro lugar trocar de mãos

A diferença entre a vitória e o desastre em Grandes Prêmios pode, muitas vezes, dever-se ao menor dos detalhes e foi isso, na mais bizarra das formas, que aconteceu a Julián Simón no domingo, em Barcelona.

A discrepância entre o sistema de numeração usado pela Bancaja Aspar e o Circuito da Catalunha deixou o espanhol celebrar prematuramente a vitória ao cruzar a linha de chegada na penúltima volta. Uma situação que acabou dando a vitória de bandeja ao rival, Andrea Iannone. “Aqui a cronometragem trabalha de forma diferente em relação a todas as outras pistas. Quando eles colocam L1 quer dizer que é a penúltima volta, porque na última mostram zero”, tentou explicar Simón.

“Foi uma pena porque desacelerei e esqueci-me por completo da bandeira xadrez e só reagi quando os outros pilotos passaram por mim a toda a velocidade. Tive de voltar e lutar pelo pódio.”

Contudo, o pesadelo de Simón não terminou ali, porque não conseguiu terminar entre os três primeiros lugares.

Mesmo com esse erro grotesco, o espanhol saiu de Barcelona na frente do Mundial com 1,5 pontos de diferença sobre o segundo colocado, Bradley Smith.

Para assistir ao vídeo no momento do erro, clique aqui.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br