Edwards continua com a Tech 3 Yamaha em 2009

Na véspera do GP dos EUA, americano anunciou que não vai se aposentar no final do ano.

Por Adilson

Em declarações na coletiva de imprensa para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, em Laguna Seca, esta quinta-feira, Colin Edwards confirmou que vai continuar na MotoGP com a Tech3 Yamaha em 2009.

O experiente piloto chegou a um acordo para continuar com a formação durante mais um ano depois de estar passando pelo melhor momento da sua carreira na categoria rainha com a equipe satélite da Yamaha.

O piloto de 34 anos já somou dois pódios, quatro resultados nos cinco primeiros e uma pole em 2008. Ele também esteve na primeira fila do grid por quatro vezes e está atualmente entre os cinco primeiros da classificação.

2009 será a quinta temporada de Edwards com a Yamaha na MotoGP, período no qual se revelou como um dos mais consistentes pilotos do campeonato, somando pontos em 84 das 94 corridas de MotoGP em que disputou.

Muito contente, Edwards afirmou: “Não é segredo nenhum que eu tinha acordado com a Yamaha para terminar a minha carreira na MotoGP em 2008 e continuar a minha carreira de competição com eles nos Estados Unidos. Mas assim que comecei a trabalhar com a Tech3 criei desde logo uma grande relação com o pessoal. Uma grande parte de mim quer ficar com eles, em particular com o Hervé Poncharal e o meu chefe de equipe Gary Reynders, mas tem sido um verdadeiro trabalho de equipe”.

“Gostaria de agradecer a Masao Furusawa, Lin Jarvis e Bob Starr. O apoio deles foi fundamental no Japão, Europa e Estados Unidos para garantir este novo acordo”, continuou Edwards.

“Acredito que ainda tenho muito a ofercer na MotoGP e posso assegurar ao pessoal e a gestão da Tech3 e da Yamaha que vou continuar a dar tudo de mim para apresentar os resultados que todos nós merecemos, já a partir deste fim de semana em Laguna Seca”, declarou.

Os reconhecidos dotes de testes de Edwards revelaram-se muito importantes durante a pré temporada, já que desempenhou papel crucial no desenvolvimento da última versão da YZR-M1 que já ganhou quatro das primeiras rodadas de MotoGP este ano.

O patrão da Tech3, Poncharal, comentou: “Era muito importante para nós porque a equipe tem trabalhado muito bem. O Colin fez um trabalho incrível durante o inverno para desenvolver a Yamaha e os pneus Michelin e não só, ele tem sido brilhante com a equipe. É como se ele estivesse conosco desde sempre, se bem que só passou meia temporada”.

“Estamos vivendo a melhor temporada na qual consigo me lembrar, o Colin e o James (Toseland) estão fazendo um trabalho fantástico. O Colin encaixa-se muito bem na equipe, ele adora trabalhar com o Gary (Reynders) e com toda a formação”.

O diretor esportivo francês acrescentou: “Penso que o plano original dele era aposentar-se no final de 2008, mas mesmo depois dos primeiros testes que fez conosco ele disse que gostaria de continuar na MotoGP um pouco mais, desde que fosse com a Tech3 e com a Yamaha, por isso estou muito contente mesmo por, no meio da temporada, já termos garantido o Colin para o próximo ano”.

Enquanto isso, Lin Jarvis, diretor da Yamaha Motor Racing, afirmou: “Estamos muito contentes por termos conseguido manter o Colin como piloto Yamaha para 2009. Temos trabalhado para melhorar todo o conjunto da Yamaha na categoria da MotoGP e em 2008 conseguimos o melhor conjunto de resultados que há muitos anos não tínhamos”.

A contribuição do Colin para a melhoria dos resultados na Tech3 tem sido muito importante para a equipe, bem como para os resultados gerais da marca”, finalizou Jarvis.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br