Ducati segue encantada com Stoner

Vitória em Brno fez o australiano abrir 60 pontos de vantagem sobre Valentino Rossi.

Por Leandro Alvares

Incrédulos e sem saber mais como elogiar seu piloto. Assim está a Ducati com relação ao jovem Casey Stoner, que conquistou ontem, na República Tcheca, a sua sétima vitória na temporada atual da MotoGP.

O australiano literalmente não teve adversários na pista de Brno. Venceu com extrema facilidade a 12ª etapa do certame e ampliou para 60 pontos a sua vantagem sobre Valentino Rossi na classificação.

“Não é sempre que se assiste a uma vitória tão fácil na MotoGP”, disse Livio Suppo, chefe de equipe da Ducati. “Casey está fazendo um trabalho inacreditável e nós só temos que agradecer a ele”, destacou o dirigente.

“Nossa moto está muito boa, os pneus Bridgestone também estão excelentes, mas nada impressiona mais do que o Stoner. Ele parece ser de outro planeta”, completou Suppo, sem se importar com o exagero de elogios.

Mesmo administrando a vantagem que tinha sobre os rivais, Stoner recebeu a bandeirada com quase oito segundos de vantagem sobre o norte-americano John Hopkins, o segundo colocado na prova de domingo. Rossi, num fim de semana apagado, terminou em sétimo e com mais de 22s de atraso para o vencedor.

Com o resultado da corrida Tcheca, Casey praticamente colocou uma mão no título de 2007, chegando a 246 pontos na classificação contra 186 de Valentino, o vice-líder da tabela. A folga é tamanha que até permite ao australiano terminar em sexto nas seis provas restantes que ainda assim será o campeão.

A próxima etapa da MotoGP acontecerá no dia 2 de setembro, no circuito italiano de Misano.

Confira a classificação do mundial:
1) Casey Stoner (AUS/Ducati), 246 pontos
2) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), 186
3) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda), 168
4) John Hopkins (EUA/Rizla Suzuki), 124
5) Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki), 124
6) Marco Melandri (ITA/Gresini Honda), 113
7) Colin Edwards (EUA/Fiat Yamaha), 93
8) Nicky Hayden (EUA/Repsol Honda), 89
9) Loris Capirossi (ITA/Ducati), 87
10) Alexandre Barros (BRA/Pramac D'antin), 83
11) Alex Hofmann (ALE/Pramac D'antin), 60
12) Randy De Puniet (FRA/Kawasaki Racing), 58
13) Toni Elias (ESP/Gresini Honda), 54
14) Carlos Checa (ESP/Honda LCR), 35
15) Anthony West (ING/Kawasaki Racing), 33
16) Makoto Tamada (JAP/Tech 3 Yamaha), 31
17) Shinya Nakano (JAP/Konica Minolta Honda), 31
18) Sylvain Guintoli (FRA/Tech 3 Yamaha), 24
19) Kurtis Roberts (EUA/Team Roberts), 9
20) Michael Fabrizio (ITA/Gresini Honda), 6
21) Roger Lee Hayden (EUA/Kawasaki Racing), 6
22) Fonsi Nieto (ESP/Kawasaki Racing), 5
23) Olivier Jacque (FRA/Kawasaki Racing), 4
24) Kenny Roberts(EUA/Team Roberts), 4

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br