Ducati dá prazo de dois GPs para Melandri

Chefão da escuderia, Livio Suppo, disse que o italiano tem até Laguna Seca para melhorar.

Por Adilson

O chefe da Ducati, Livio Suppo disse que as próximas duas corridas serão cruciais para Marco Melandri, pois acredita que o italiano possa render mais e ser mais competitivo em Sachsering e Laguna Seca.

Mas Suppo também disse que o desempenho de Sylvain Guintoli na equipe satélite Alice Ducati neste fim de semana em Assen provou que não é só o Casey Stoner que pode ser competitivo da Desmosedici GP8.

Guintoli chegou em décimo na Holanda, só perdendo a nona posição para James Toseland depois de passear fora da pista, enquanto Toni Elias e Melandri cruzaram a linha de chegada nas últimas posições, 12° e 13° respectivamente.

“Estou muito feliz or Guintoli. Acho que ele teve um ótimo fim de semana e fora o erro provavelmente lutaria pela nona posição com Toseland”, declarou Suppo. “Foi um resultado relativamente bom para um piloto com pouca experiência como ele”.

“Elias e Melandri estão em uma situação estranha. Quando Rossi chegou no Toni ele foi capaz de rodar em 1min37s8 no final da corrida. Não sei porque ele não fez isso antes”.

“Marco está se esforçando o máximo que pode. Estamos dizendo isso desde março”, enfatizou.

“Sabemos que tem duas corridas que ano passado, numa temporada difícil para ele, foi capaz de lutar pelo pódio. Em Sachsering ele foi muito rápido e em Laguna Seca fez pódio. Então vamos ver o que acontece nessas duas etapas, onde ele costuma ser rápido”, disse Suppo.

Rumores no paddock em Assen apontaram que a Ducati pode trocar Melandri depois de Laguna Seca, caso ele não consiga bons resultados nessas duas corridas, com especulações de que Sete Gibernau o substituiria até o final do ano.

Mas também houve sugestões de que o piloto da Repsol Honda Nicky Hayden ficaria com o lugar do Italiano na Ducati.

O campeão de 2006 disse que seus planos para 2009 ainda estão indefinidos, mas espera chegar junto a um acordo ainda em julho.

“Agora não tenho muito a dizer sobre isso. Realmente não sei o que vai acontecer no futuro”, disse Hayden.

“Tenho conversado com algumas pessoas, mas até agora não tenho nada firmado, pode ser que eu fique na Honda, ma também pode ser que eu saia, isso vai se acertar dentro de algumas semanas”, declarou.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br