Ducati contrata Michael Schumacher

Segundo o site 'Daily Motos' alemão disputará três provas da MotoGP como piloto convidado.

Por Leandro Alvares

Michael Schumacher, nome que dispensa apresentações no mundo do esporte a motor, voltará a correr neste ano. Não na Fórmula 1, onde conquistou quase todos os recordes da categoria, mas na MotoGP. A informação é do diário digital “Daily Motos”.

Segundo o site, o heptacampeão de F-1 deixou a Ducati bastante satisfeita com o teste que realizou no fim do ano passado, em Valência, a bordo da moto de Casey Stoner.

Tamanha foi a empolgação que a equipe apresentou ao alemão uma proposta para disputar três etapas como piloto convidado em 2008. Schumacher aceitou de imediato.

“Será uma experiência inesquecível. Todos conhecem minha grande admiração pelas motos e poder competir na MotoGP será uma honra”, afirmou o gênio das pistas, que completa amanhã 39 anos.

“A Ducati me ofereceu a oportunidade de correr em três GPs como piloto convidado e ainda a chance de escolher os meus circuitos preferidos. Diante disso, não pude negar a proposta”, revelou Schumacher, que já tem idéia de onde quer pilotar.

“Jerez e Montmeló (circuitos espanhóis) são traçados que conheço muito bem e, evidentemente, a Alemanha é uma prova obrigatória para mim. Estou convencido de que poderei alcançar bons resultados”, completou.

O então terceiro piloto da Ducati na temporada 2008 da MotoGP — ao lado de Stoner e de Marco Melandri — passará agora por um treinamento especifico para fazer sua estréia na categoria máxima das duas rodas. Entre as novas obrigações, uma dieta bastante severa, além da proibição de praticar esqui e de realizar qualquer tipo de condução perigosa.

Os testes de Schumacher com a moto da escuderia italiana serão realizados no final de janeiro, entre os dias 22 e 24, durante a retomada dos treinos de pré-temporada no circuito malaio de Sepang.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br