DISPUTA ACIRRADA NA DECISÃO

Quatro pilotos brigam pelo título das 250cc, em Curitiba.

Por Fredy

Depois de muita briga - fora das pistas - na etapa de Interlagos, as 250cc do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade chega a Curitiba, neste fim de semana, com a promessa de ser a categoria mais acirrada durante a disputa da prova decisiva da temporada.

No Autódromo Internacional Raul Boesel, quatro pilotos estarão na batalha pelo título, que terá início no sábado, com os primeiros treinos livres. Fabio Peason, Felipe Garcia, Devanir Lippi e Willian Pontes, o Pamonha, serão os protagonistas no circuito paranaense.

A situação do certame ficou bastante acirrada e tensa depois da última corrida, em São Paulo. No pódio, Peason, o vencedor, foi acusado por Devanir Lippi e Marciano Santin de cometer atitude anti-desportiva. "Ele jogou sujo. Quando eu tentava ultrapassá-lo ele usava o cotovelo para impedir, jogava a moto em cima, fechava toda hora. Assim não tinha jeito e eu tive de aliviar para não terminar no chão", reclamou Lippi, segundo colocado. "Fui outra vítima dele. Fazer o quê?", indignou-se Santin, que completou a etapa em terceiro.

"Cotovelada, fechada, eu nunca fiz isso. Foi uma pena eles terem gerado essa discussão. Vamos decidir na pista, em Curitiba, onde eu sempre andei bem e estou confiante", defendeu-se Peason, que com o resultado assumiu a liderança da competição, com 114 pontos, um a mais que Felipe Garcia, sexto colocado na corrida de Interlagos. "Eu estava sob muita pressão para não errar. Não podia ficar sem pontuar. Acho que agora vou me sair melhor", disse o atual vice.

Devanir é o terceiro na classificação, com 100 pontos. Pamonha, com chances menores de levantar a taça, mas ainda vivo no páreo, aparece em quarto com 90. Para ser campeão, o representante de Brasília precisa vencer e torcer por tropeços de seus concorrentes, já que está a 24 pontos do líder, e a vitória vale 25.

A largada para a primeira das 14 voltas da corrida das 250cc está marcada para as 13h45 (de Brasília) deste domingo. Os ingressos para a etapa custam R$ 5,00 e poderão ser adquiridos nos dias do evento, nas bilheterias do autódromo.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br