De Bridgestone, Pedrosa lidera testes

Espanhol superou em 0s252 a melhor volta estabelecida por Rossi na corrida de Misano.

Por Leandro Alvares

Independente da ausência de seus principais adversários, Daniel Pedrosa iniciou com o pé direito o seu relacionamento com a Bridgestone.

No costumeiro dia de testes pós-corrida da MotoGP, o espanhol da Repsol Honda foi o mais rápido na pista de Misano ao cronometrar 1min34s652 com os compostos de corrida da fabricante japonesa.

A passagem foi 0s252 melhor que a estabelecida por Valentino Rossi durante a prova do domingo e 0s827 abaixo da que Pedrosa havia conseguido com os pneumáticos da Michelin, fabricante com a qual rompeu relações em função do fraco desempenho apresentado no ano.

Shinya Nakano, da Honda Gresini, foi o segundo colocado na sessão coletiva de ontem, seguido da Kawasaki de John Hopkins. Randy de Puniet, Anthony West e Alex de Angelis completaram a tabela. 

A próxima etapa do Mundial, a 14ª de um total de 18, será realizada no dia 14 de setembro, no tradicional circuito americano de Indianápolis.

Tempos da segunda-feira em Misano:
1) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda/B), 1min34s652
2) Shinya Nakano (JAP/Honda Gresini/B), 1min35s446
3) John Hopkins (EUA/Kawasaki Racing/B), 1min35s879
4) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda/M), 1min35s972
5) Anthony West (AUS/Kawasaki Racing/B), 1min36s101
6) Alex de Angelis (RSM/Honda Gresini/B), 1min36s120

Voltas mais rápidas da corrida por fabricante:
- Yamaha: Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha/B), 1min34s904
- Ducati: Casey Stoner (AUS/Ducati/B), 1min34s988
- Honda: Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda/M), 1min35s479
- Suzuki: Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki/B), 1min35s741
- Kawasaki: John Hopkins (EUA/Kawasaki Racing/B), 1min36s710

Legendas:
B = Bridgestone / M = Michelin.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br