Crutchlow tem primeiro contato com a M1

O britânico pilotouteve o primeiro contato com a Yamaha YZR-M1 com que vai correr pela Monster Yamaha Tech 3 em 2011.

Por Roberto Brandão

O “estreante do ano” do WSBK, Cal Crutchlow, terminou a temporada deste ano do campeonato Mundial de Superbike na quinta posição com a Yamaha Sterilgarda e começou a preparar-se para a mudança para a MotoGP em 2011.

Com apenas alguns dias de descanso, Crutchlow começou os preparativos com a marca nipônica completando um dia e meio de testes aos comandos da Yamaha YZR-M1 de competição na pista de testes Fukuroi, da Yamaha. Apesar do tempo misto, com chuva, Crutchlow teve a oportunidade de rodar com a M1 com pneus de chuva e slicks da Bridgestone, impressionando todos com a velocidade apresentada no molhado. A estrela em ascensão da Yamaha também teve a oportunidade de avaliar o controle de partida da M1.

“A M1 pareceu-me muito menor que a Yamaha R1 de SBK,” disse Cal Crutchlow. “Na verdade, achei a posição muito mais confortável que no WSBK. Há muita potência, mas sente-se que se pode usar, é muito diferente duma máquina baseada em motos de produção no quesito entrega de potência. No molhado usamos travões de aço, mas quando começou a secar tive a oportunidade de experimentar os de carbono, que são muito bons. Consegui sentir-me confortável com eles desde cedo”.

“Achei o chassi muito rígido, foi muito fácil mudar de direção e a eletrônica é mesmo diferente, mais avançada que aquela a que estava acostumado nas SBK! Foi uma pena o tempo não estar bom, pelo que não consegui tirar tudo da moto. Estou mesmo ansioso pelo teste de Valência para voltar à moto e trabalhar mais!”, completou Crutchlow.

Enquanto esteve no Japão Crutchlow aproveitou também para visitar a sede da Yamaha Motor Company e a Communication Plaza em Shizuoka, onde teve a oportunidade de ver de perto algumas das máquinas que fazem a história da marca.

O teste de Valência acontece nos dias 9 e 10 de Novembro. Para 2011 Crutchlow vai se juntar ao Campeonato do Mundo de MotoGP pela equipe Yamaha Monster Tech3, ao lado de Colin Edwards.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br