Chuva barra realização do GP do Catar

Nada de Stoner, Rossi ou qualquer outro piloto da MotoGP. Quem “venceu” neste domingo foi a chuva, ingrediente responsável pela não realização do GP noturno do Catar.

Devido ao dilúvio inesperado e da consequente má visibilidade para os competidores caso a disputa acontecesse nas condições apresentadas, os organizadores decidiram cancelar a prova.

Após algumas horas de discussão, ficou definida a transferência da etapa de abertura da temporada 2009 para a noite desta segunda-feira. Resta torcer agora para que o temporal – fenômeno raro neste período do ano no Catar – dê uma trégua.

Nas demais categorias do Mundial de Motovelocidade, a chuva também deu as caras. A corrida das 250cc começou com 40 minutos de atraso, por conta das condições adversas, e teve o número de voltas encurtado para apenas 13 giros. A vitória ficou com o espanhol Hector Barberá.

O páreo das 125cc durou somente quatro voltas, já que o aguaceiro surgiu de forma intensa. Andrea Iannone, da Itália, estava na frente antes da paralisação da prova e foi declarado o vencedor.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br