Casey Stoner está com dificuldade na chuva

Mesmo com problemas em Le Mans, australiano cresce na briga pelo campeonato após a queda de Valentino Rossi.

Por Roberto Brandão

Casey Stoner frustrou-se no último domingo à tarde, em Le Mans, após ter problemas com suas motos, no seco e na pista molhada, ficando com sua pior colocação na temporada.

Stoner largou em terceiro, mas logo caiu para a sétima colocação enquanto lutava para controlar sua moto para pista molhada, que não estava tão bem acertada.

Depois de mudar para a moto com pneus de pista seca, o australiano encontrou problemas com seu amortecedor dianteiro. Ele mesmo o consertou, mas isso o fez perder tempo valioso para o resultado final.

Uma vez de volta ao seu ritmo, Stoner conseguiu ultrapassar seu compatriota Chris Vermeulen, da Rizla Suzuki, e assumiu o quinto lugar marcando a volta mais rápida da prova até aquele momento. Mesmo assim, o quarto colocado Andrea Dovizioso já estava dez segundos em sua frente.

“Estou desapontado porque não aproveitamos o nosso potencial. A moto de chuva, que comecei, tinha alguns problemas, e eu não conseguia tração suficiente desde a volta de apresentação. Não me sentia confortável e estava perdendo muito tempo, mas mesmo assim a pista ainda estava um pouco molhada para colocar pneus secos”, disse o campeão do mundo de 2007.

Sabendo que precisava crescer na prova, Stoner foi ao Box para trocar de moto, esperando melhorar sua performance. “Mudei para pneu seco, e a moto apresentou problema na suspensão dianteira. Quatro voltas depois tive que colocar minha mão lá em baixo e consertá-la. Depois disso, me senti muito melhor, ela estava respondendo bem e eu fui capaz de pilotar com toda força”, completou o australiano.

O diretor de projeto da Ducati Marlboro, Livio Suppo, estava ancioso para colocar o resultado em perspectiva. Com a queda de Valentino Rossi, Stoner igualou os pontos do italiano no campeonato e está somente um ponto atrás de Jorge Lorenzo. Uma situação bem mais favorável que a do ano passado.

“Infelizmente não tivemos tempo para acertar as motos para o clima úmido e por isso Stoner, que pilota com excelência na chuva, não foi capaz de tocar forte”, comentou Suppo. “As coisas foram melhores no seco e somente um piloto, Daniel Pedrosa, fez melhor tempo que Stoner”, completou o diretor da equipe italiana.

Ano passado a equipe Ducati e Casey Stoner saíram de Le Mans com 41 pontos atrás do líder do campeonato, e esse ano estão com uma diferença de apenas um ponto.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br