BIAGGI CORRE NO WSBK EM 2007

Piloto assina com a Suzuki e já fala em ser o primeiro italiano campeão da categoria.

Por Thiago Fuganti

Após um forçado ano sabático, enfim Max Biaggi voltará a competir numa das principais categorias do motociclismo. O italiano foi confirmado recentemente como o novo piloto da Suzuki Corona para a temporada 2007 do Mundial de Superbike.

Esperava-se que a ida do ex-competidor da MotoGP para o WSBK acontecesse neste ano. Contudo, a demora nas negociações com a própria Suzuki fizeram a equipe japonesa optar pela dupla Troy Corser e Yukio Kagayama. “Desta vez a vaga é minha e estou muito feliz com esta notícia”, afirmou o tetracampeão da categoria 250cc do Mundial de Motovelocidade.

“Eu sempre desejei competir neste campeonato, pois o considero um dos mais acirrados do mundo. Admiro os pilotos com quem irei disputar as provas e não vejo a hora de poder acelerar”, acrescentou “Mad Max”, cujos planos para a temporada de estréia são extremamente ambiciosos.

“Este será o meu retorno a um esporte muito competitivo e quero comemorar o feito com o título. O próximo ano será, certamente, um dos mais desafiadores da minha carreira e estou preparado para enfrentá-lo”, avisou.

Mais do que a cobiça pela taça de campeão, Biaggi terá como meta se sagrar o primeiro italiano a conquistar o Mundial do WSBK. Além disso, será a oportunidade do veterano mostrar que ainda tem apetite por vitória, como tem feito Troy Bayliss — o também ex-piloto de MotoGP tem dominado a competição de 2006 e já está praticamente com as mãos no título.

O companheiro de Max na Suzuki ainda não foi anunciado. No entanto, são grandes as chances do time confirmar a permanência de sua dupla atual, passando desta forma para um trio. Os primeiros testes do três vezes vice-campeão de MotoGP com a nova escuderia devem acontecer no mês de outubro.

Em sua última temporada no mundo das duas rodas, no ano passado, Biaggi teve um desempenho discreto. A bordo da Repsol Honda, ele foi apenas o quinto colocado na classificação, com 173 pontos. Valentino Rossi, o campeão, somou 367.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br