BAYLISS VENCE MAIS DUAS

Mesmo com novos problemas de largada, Barros consegue subir ao pódio na Itália.

Por Leandro Alvares

Cinco vitórias consecutivas e uma confortável vantagem na liderança do campeonato. Essa é a situação de Troy Bayliss no mundial de Superbike, categoria que realizou neste domingo a quarta etapa do certame, no circuito italiano de Monza.

O australiano da Ducati não teve dificuldades para vencer a primeira corrida do dia, sendo beneficiado pela intensa briga pelo segundo lugar. Esta posição, aliás, teve como “vencedor” o brasileiro Alexandre Barros, que repetiu o seu melhor resultado no WSBK.

O pódio, no entanto, veio de maneira suada, já que novamente o ex-piloto da MotoGP deixou a desejar na largada. “Essas largadas...Eu as simulei tanto durante os treinos, mas quando as luzes se apagaram eu não consegui largar bem. Fiquei envolvido em uma grande bagunça, pois alguém me tocou e eu acabei tendo de abrir demais na curva”, contou Barros, que fechou a primeira volta em 12º.

“Eu não desistiria da corrida por nada nesse mundo, não depois do trabalho de todo o time durante o final de semana, por isso acelerei e corri atrás do prejuízo. A moto estava andando bem e tenho que agradecer à minha equipe”, acrescentou o competidor da Klaffi Honda.

O atual campeão, Troy Corser, e o japonês Noriyuki Haga terminaram em terceiro e quarto, respectivamente. Para Barros, o fato de ter superado esses dois corredores foi algo memorável. “Acho que todos curtiram nossa disputa nas últimas voltas. Eu me diverti muito e no final foi maravilhoso cruzar a linha de chegada em segundo lugar e subir ao pódio”.

Na segunda corrida, as atenções se voltaram para o duelo entre Bayliss e Corser. O piloto da Suzuki até tentou segurar o xará e compatriota, mas não agüentou a pressão e foi superado na nona volta. Haga, da Yamaha, chegou em terceiro, seguido de Barros.

“Essa prova foi mais difícil porque eu larguei mal de novo e não consegui me recuperar tão rápido como na primeira corrida. Sem contar que na quinta volta eu acabei passando reto numa das curvas e perdi muito tempo”, explicou o brasileiro, que pulou para o quarto lugar na classificação, com 95 pontos.

Apesar dos bons resultados, Barros se disse chateado com o desfecho do fim de semana. “Fiquei feliz com as boas recuperações e as boas disputas das quais participei, mas ao mesmo tempo estou um pouco frustrado porque não pude lutar pela primeira vitória. De qualquer maneira, esta foi apenas a minha quarta corrida no campeonato e posso ver que muitas corridas eletrizantes ainda estão por vir”, completou.

Com folga na liderança, Bayliss já soma 175 pontos, 36 a mais do que Corser. Para se ter idéia da vantagem do australiano, ele poderia se dar ao luxo de não disputar a próxima corrida e, ainda assim, ter 16 pontos de gordura sobre o rival mais próximo. Em terceiro, aparece James Toseland, com 97, apenas dois a mais em relação ao único brasileiro da competição.

O quinto GP da temporada será disputado daqui a duas semanas na Inglaterra, no circuito de Silverstone. Antes, contudo, os pilotos participarão de duas sessões de testes na pista de Brno, na República Tcheca, nesta terça e quinta-feira.

Confira os resultados da rodada italiana:

Corrida 1
1) Troy Bayliss (AUS/Ducati)
2) Alexandre Barros (BRA/Honda)
3) Troy Corser (AUS/Suzuki)
4) Noriyuki Haga (JAP/Yamaha)
5) Anrew Pitt (AUS/Yamaha)
6) Karl Muggeridge (AUS/Honda)
7) Regis Laconi (FRA/Kawasaki)
8) Roberto Rolfo (ITA/Ducati)
9) Lorenzo Lanzi (ITA/Ducati)
10) Shinichi Nakatomi (JAP/Yamaha)

Corrida 2
1) Troy Bayliss (AUS/Ducati)
2) Troy Corser (AUS/Suzuki)
3) Noriyuki Haga (JAP/Yamaha)
4) Alexandre Barros (BRA/Honda)
5) James Toseland (JAP/Honda)
6) Andrew Pitt (AUS/Yamaha)
7) Karl Muggeridge (AUS/Honda)
8) Fonsi Nieto (ESP/Kawasaki)
9) Chris Walker (ING/Kawasaki)
10) Roberto Rolfo (ITA/Ducati)

Classificação do Campeonato:

1) Troy Bayliss, 175 pontos
2) Troy Corser, 139
3) James Toseland, 97
4) Alexandre Barros, 95
5) Noriyuki Haga, 93
6) Andrew Pitt, 79
7) Lorenzo Lanzi, 59
8) Roberto Rolfo, 46
9) Norick Abe, 40
10) Fonsi Nieto, 37

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br