Bautista quer voltar neste fim de semana

Álvaro Bautista, da Rizla Suzuki, espera poder fazer seu retorno a MotoGP na etapa Portuguesa, em Estoril, neste fim de semana, apenas 42 dias depois de ter fraturado o fêmur esquerdo.

Na terça-feira o espanhol recebeu luz verde do Dr. Ángel Villamor, do Hospital USP San José, em Madrid, após um exame médico e agora será alvo de nova apreciação pelo médico do circuito no Estoril, na quinta feira.

Bautista planeja ir para a pista na sexta feira de manhã para a primeira sessão de livres do fim de semana e tem passado por intensivo programa de fisioterapia para garantir que está na melhor forma possível. Se não conseguir rodar de forma competitiva a Rizla Suzuki vai utilizar o  piloto de testes Nobuatsu Aoki, que está de prontidão para o caso de Bautista ser retirado do evento.

“Tenho trabalhado muito para voltar em Estoril e acredito que serei capaz de alinhar na corrida”, disse um muito motivado Bautista. “Sei que será difícil, mas penso que quanto mais depressa voltar a andar na moto melhor será para a minha recuperação. Já fiz mais de 4,5km com muitas viagens até à câmara hiperbárica em Madrid para melhorar a minha recuperação. Já terminei a fase de reabilitação e comecei a preparação física; isto envolve muita natação, ciclismo e outros programas de preparação física para ganhar força para poder voltar a correr”.

Bautista não tem ilusões quanto à tarefa que tem pela frente e acrescentou: “Vai ser mesmo muito duro, mas estou totalmente concentrado em estar aos comandos da GSV-R em Portugal, não penso noutra coisa no momento e é esse o meu objetivo. Após isso veremos o que acontece e darei um passo de cada vez”, completou.

A GSV-R da Rizla Suzuki vai também estar com novo logotipo neste fim de semana – ‘Change and Challenge’ – que é usado pela marca na região asiática para promover a nova gama de produtos nestes mercados.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br