Bautista leva a melhor sobre Lüthi nas 250cc

Espanhol fez uma boa prova de recuperação e venceu em Assen, na Holanda.

Por Adilson

Álvaro Bautista venceu o duelo com Thomas Lüthi em Assen pelas 250cc, vindo da pole psition.

O espanhol não teve uma das melhores corridas na Holanda e na primeira volta caiu para oitavo, mas teve uma bela recuperação tirando o melhor da sua Aprilia para voltar à luta pela primeira posição. Bautista alcançou Lüthi depois do suíço ter se isolado na frente, ultrapassando o líder na 19ª volta.

Bautista aumentou depois sua vantagem sobre o piloto da Emmi-Caffe Latte para 4,5 segundos antes de ver a bandeira quadriculada e garantir a segunda vitória do ano. Lüthi não teve como ficar muito desapontado depois de conseguir o seu melhor resultado nas 250cc.

Marco Simoncelli subiu no pódio pela quinta vez consecutiva. O piloto saiu mal da primeira curva devido ao pouco espaço existente na pista, perdendo várias posição, mas lutou para se recuperar até chegar ao terceiro lugar, reduzindo a diferença para o líder do campeonato Mika Kallio para um único ponto.

Alex Debon e Hector Barberá também terminaram entre seis primeiros, com ambos sofrerendo uma saída de pista. Barberá regressou à ação para quase colocar Kallio fora da corrida, com este depois sendo ultrapassado por Debon e Barberá e depois pelo companheiro de equipe da KTM, Hiroshi Aoyama.

Yuki Takahashi, Roberto Locatelli e Julian Simon fecharam o Top 10, enquanto Mattia Pasini caiu na 11ª volta.

Resultado das 250cc em Assen:
1) Alvaro Bautista (ESP/Aspar Team), 40min54s117
2) Thomas Luthi (SUI/Caffe Latte), a 4s597
3) Marco Simoncelli (ITA/Metis Gilera), a 6s003
4) Alex Debon (ESP/Lotus Aprilia), a 9s034
5) Hector Barbera (ESP/Aprilia), a 9s079
6) Hiroshi Aoyama (JAP/KTM), a 11s515
7) Mika Kallio (FIN/KTM), a 12s874
8) Yuki Takahashi (JAP/JiR Team Scot), a 13s622
9) Roberto Locatelli (ITA/Metis Gilera), a 21s168
10) Julian Simon (ESP/KTM), a 28s789

Classificação das 250cc depois de nove etapas:

1) Mika Kallio, 140 pontos
2) Marco Simoncelli, 139
3) Alex Debon, 114
4) Alvaro Bautista, 102
5) Mattia Pasini, 98
6) Hector Barbera, 93
7) Hiroshi Aoyama, 90
8) Yuki Takahashi, 78
9) Thomas Luthi, 77
10) Julian Simon, 57
11) Roberto Locatelli, 46
12) Aleix Espargaro, 46
13) Hector Faubel, 39
14) Ratthapark Wilairot, 34
15) Karel Abraham, 25
16) Lukas Pesek, 22
17) Alex Baldolini, 18
18) Manuel Poggiali, 16
19) Fabrizio Lai, 12
20) Eugene Laverty, 7
21) Federico Sandi, 2
22) Manuel Hernandez, 2
23) Imre Toth, 2
24) Doni Tata Pradita, 1

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br