BARROS REESTRÉIA NA MOTOGP

Brasileiro demonstra otimismo após dois dias de testes com a Pramac d Antin, em Valência.

Por Leandro Alvares

Foram com bons olhos que a equipe Pramac d’Antin avaliou os primeiros testes do seu novo contratado para a temporada 2007 da MotoGP, Alexandre Barros. Após um ano no Mundial de Superbike, o brasileiro se viu novamente sobre uma moto da principal categoria do motociclismo, em duas sessões de testes coletivos realizados na semana passada, em Valência, na Espanha.

Na quarta-feira, o veterano conduziu um modelo com motor de 990cc, mas já calçado com os pneus Bridgestone do próximo ano, e cravou 1min33s626 na melhor de suas 61 passagens. Entre os 11 pilotos na pista, Alex ficou com a sétima posição — o mais rápido foi Valentino Rossi, com uma YZR-M1 de 800cc.

Em seu segundo treino, Barros melhorou a performance em meio segundo e foi motivo de elogios por parte dos dirigentes da escuderia satélite da Ducati. “A melhor volta dele foi 1min33s18, enquanto o ritmo de corrida ficou na casa de 1min33s. Foram marcas fantásticas, que poderiam ter nos garantido um quarto ou quinto lugar na última prova do campeonato”, afirmou o engenheiro Fabiano Sterlacchini.

“Nós não usamos pneu de classificação, pois a temperatura estava muito abaixo das condições ideais. Foi por isso que, em acordo com a Bridgestone, nós nos concentramos nos compostos de corridas”, acrescentou o funcionário do time, que detalhou as impressões do piloto sobre a nova casa.

“O Barros realmente gosta de motociclismo. Ele ficou impressionado com a potência do motor e agora precisa de mais detalhes sobre o garfo. No entanto, ainda não nos entendemos sobre isso, pois será diferente no ano que vem”, destacou Sterlacchini.

Quanto ao corredor, mostrou-se muito confiante depois dos ensaios. “Estou muito feliz com o primeiro teste com a equipe, com a moto e com os pneus. Esses dois dias foram úteis para conseguirmos as impressões básicas sobre o equipamento, e posso dizer que realmente fizemos um bom trabalho”, atestou o brazuca.

A estréia de Barros com a Ducati Desmosedici GP7 de 800cc acontecerá apenas em janeiro, durante os testes da categoria em Sepang, na Malásia. A moto da Pramac, em 2007, será a mesma utilizada pelo time matriz, a Team Ducati, de Loris Capirossi e Casey Stoner.

Confira os tempos do último teste coletivo da MotoGP:
1) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol/Honda), 1min32s66
2) Chris Vermeulen (AUS/Rizla/Suzuki), 1min32s69
3) John Hopkins (EUA/Rizla/Suzuki), 1min32s94
4) Casey Stoner (AUS/Marlboro/Ducati), 1min32s94
5) Loris Capirossi (ITA/Marlboro/Ducati), 1min33s02
6) Nicky Hayden (EUA/Repsol/Honda), 1min33s03
7) Garry McCoy (AUS/IlmorGP), 1min33s20
8) Alexandre Barros (BRA/Pramac d'Antin), 1min33s18
9) Valentino Rossi (ITA/Camel/Yamaha), 1min33s78
10) Jeremy McWilliams (IRL/IlmorGP), 1min35s90
11) Andrew Pitt (AUS/IlmorGP), 1min36s40
12) Nobuatsu Aoki (JAP/ Rizla/Suzuki), 1min37s30

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br