Bancaja: Diferenças entre as classes PréGP e EVO

Leandro Alvares

As motos têm a mesma cilindrada e correm juntas. No entanto, há sensíveis diferenças que distinguem os equipamentos das categorias PréGP e EVO no Cuna de Campeones Bancaja, torneio espanhol de motovelocidade conhecido como celeiro formador de jovens talentos para a MotoGP.

Destinada a pilotos entre 12 e 17 anos, estreantes ou que não tenham ficado entre os três primeiros colocados na temporada anterior, a PréGP dispõe de uma máquina com motor de 125cc monocilíndrico e dois tempos, capaz de atingir 29 cv de potência a 12.500 rpm.

Na EVO (abreviatura de evolução), aberta a corredores de 13 a 19 anos que não tenham ficado entre os 15 primeiros no Campeonato Espanhol de Velocidade ou em qualquer outro certame internacional, as especificações básicas do propulsor são idênticas as da classe “irmã”, mas a potência final é maior: 36 cv nos mesmos 12.500 giros.

“Os freios também são mais potentes e ajudam a fazer da EVO uma motocicleta bem mais ligeira em comparação à PréGP”, afirma Julian Miralles, ex-corredor do Mundial de Motovelocidade e atual chefe de equipe da Mir Racing, na qual compete Eric Granado.

Aos 12 anos, o piloto brasileiro faz em 2009 a sua primeira temporada na PréGP 125. Na corrida de estreia, realizada no dia 15 de março em Barcelona, conquistou o chamado hat-trick nas competições do esporte a motor: pole position, vitória e volta mais rápida.

Mesmo pilotando um equipamento de menor cavalaria, Granado chamou a atenção de todos por ter andado no ritmo dos competidores da EVO. Comparado a eles, o atual campeão da classe MiniGP XL 80 ficou em quinto lugar, tendo recebido inclusive ordens via placa para não “atrapalhar” a disputa pela liderança geral — sua diferença para o vencedor, o italiano Franco Morbidelli, foi de 2s156.

“Desenvolvemos uma moto muito forte para este campeonato, mas a facilidade com que o Eric se adaptou a ela foi o mais impressionante. De tempos em tempos aparece um piloto bom o suficiente para andar na cola das EVO estando na PréGP. Em 2009, esse piloto parece ser o brasileiro”, destaca Miralles.

A segunda etapa do Bancaja será disputada no dia 26 de abril, no circuito de Ricardo Tormo, em Valência.

Fichas Técnicas*

PréGP
Motor: 125cc, monocilíndrico, 2 tempos.
Potência: 29 cv a 12.500 rpm.
Peso: 80 kg.
Chassi: dupla viga de alumínio.
Suspensão dianteira: invertida Paioli de 36mm.
Suspensão traseira: alumínio com sistema de bielas e amortecedores multi-reguláveis.
Freios: AJP a disco de 300 mm na dianteira e 168 mm na traseira.
Câmbio: seis velocidades

EVO
Motor: 125cc, monocilíndrico, 2 tempos.
Potência: 36 cv a 12.500 rpm.
Peso: 80 kg.
Chassi: dupla viga de alumínio.
Suspensão dianteira: invertida Showa de 35 mm.
Suspensão traseira: alumínio com sistema de bielas e amortecedores multi-reguláveis.
Freios: AJP a disco de 300 mm na dianteira e 186 mm na traseira.
Câmbio: Seis velocidades.

*Fonte: Cuna de Campeones Bancaja.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br