6ª marcha atrapalha Pedrosa em Estoril

Espanhol diz que má escolha da relação o impediu de vencer a 3ª etapa da MotoGP.

Por Adilson

Daniel Pedrosa acredita que a escolha incorreta da sexta marcha lhe custou a chance de vencer Jorge Lorenzo no GP de Portugal, neste fim de semana.

O piloto da Repsol Honda travou uma longa batalha com Lorenzo antes de seu compatriota tomar a liderança de Valentino Rossi. Pedrosa também passou o italiano, mas não conseguiu mais alcançar o líder.

“Cometemos um equívoco nos boxes antes da corrida, pois o vento estava mudando então não sabíamos qual relação de sexta marcha utilizar, e optamos por uma mais curta”, disse em entrevista a “BBC”.

“Minha moto estava atingindo uma rotação muito alta na sexta marcha, e foi aí que perdi a corrida. Fiquei com medo de quebrar o motor, pois andei no limite por muito tempo”, declarou.

Mesmo com esta frustração, Pedrosa disse que ficou satisfeito de conseguir o terceiro pódio consecutivo e de sair de Estoril com o mesmo número de pontos do líder Lorenzo. “Eu não esperava um começo de temporada tão bom”.

Jorge Lorenzo é líder da MotoGP com 61 pontos, o mesmo número de pontos de Pedrosa. Como ambos têm um primeiro, um segundo e um terceiro lugares nas três primeiras provas do ano, Lorenzo leva a melhor por ter feito as três pole positions da temporada.

“Ficamos feliz com o resultado deste domingo. Foi uma corrida difícil, no começo foi um pouco confuso por causa da chuva, mas depois melhorou um pouco. Esperamos agora é melhorar nas deficiências que achamos na moto”, declarou.

Pedrosa nega favoritismo na briga pelo título com Lorenzo e Rossi. “Acho que é muito cedo para afirmar alguma coisa, pois ambos os pilotos são perigosos em todas as corridas. E não podemos esquecer de (Casey) Stoner também”, finalizou.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br