Boas práticas ao motociclismo

Novo colunista do portal MOTO.com.br propõe metodologias e procedimentos para um motociclismo seguro e preventivo

Por Aladim Lopes Gonçalves

Oswaldo Fernandes Junior

“Atitude e conscientização para boas práticas ao motociclismo.”

O mundo do motociclismo realmente é algo apaixonante.  A motocicleta nos proporciona sensações diferenciadas pela adrenalina e pelo vício de sempre querer mais.  E sempre acreditamos que podemos mais.  Durante uma viagem, as sensações de frio e calor, dia e noite, vento e chuva são únicas, fazendo nos sair do mundo cotidiano e perceber a grandeza da natureza e a tecnologia destas maravilhosas maquinas de duas rodas. Percorrer retas intermináveis, valorizar uma curva bem feita, sentir aromas diferentes, conhecer pessoas e sentir a adrenalina da vida, são sensações que somente a motocicleta poderia nos conceder e permitir neste mundo.  Para quem nunca subiu e acelerou uma motocicleta, talvez possa não entender ou compreender estes conceitos, mas para os usuários de motocicletas, tudo isto pode ser resumido a uma única palavra: PAIXÃO.  

 É um grande prazer poder colaborar com artigos para esta nova coluna sobre “boas práticas ao motociclismo”, onde critérios de segurança, conscientização, cidadania, planejamento e atitude, são primordiais ao motociclismo seguro e preventivo.  O difícil é ter a responsabilidade de lidar com conceitos, onde esta paixão por vezes se mistura com vaidades, diferenciados valores pessoais e emoções que sobrepõe aos limites da razão.  Ditar conceitos de certo ou errado no motociclismo é impossível.  Em um mundo de paixão, as únicas recomendações de atividades e práticas corretas são os artigos regulamentados pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), as demais informações que estarei escrevendo nesta coluna, são referenciadas para boas práticas ao motociclismo em atitudes corretas, critérios de segurança, cidadania e bem estar para o motociclismo consciente e preventivo.

A grande preocupação na construção destes artigos, esta baseada na preocupação de poder e saber separar a emoção, pela razão do motociclismo consciente.   A razão de atitudes corretas, esta acima de ações por emoções.   Equilíbrios físico, espiritual e racional são fundamentais para mantermos praticando o motociclismo com longevidade, esta é a razão maravilhosa para cada vez mais superar nossos próprios desafios da vida, domar esta vontade louca de acelerar, respeitar estas curvas desafiadoras e poder sentir a vida, do jeito que ela é, intensa. Boas praticas ao motociclismo é respeito à motocicleta, é respeito a vida.
 
É isto aí, aproveitem estes grandes momentos, nos vemos pelas estradas.

Oswaldo F. Jr (oswaldofjr@gmail.com) é consultor de pilotagem, segurança e resistência. Fez diversos cursos nacionais e internacionais. Para ele, moto e estrada é uma combinação mais que perfeita.

Engenheiro eletrônico de formação, empresário nas atividades de Automação Industrial, Gestão e terceirização de serviços, diretor da empresa OMNO – Motorcycle Company Support, que desenvolve atividades de treinamento, capacitação, consultoria e assessoria em motociclismo, Oswaldo F. Jr é um verdadeiro “Road Eater Man” (Devorador de Estradas).

Durante as suas andanças pelo mundo afora já passaram por suas mãos motocicletas importantes como Yamaha Drag Star, Harley-Davidson Electra Glide e Suzuki V-Strom 1000.

Já participou de várias provas de resistência IBA - Iron Butt Association (seleto clube de motociclistas que viajam mil milhas em 24 horas – equivalente a uma distância percorrida de 1.600 km), e possui grade experiência em longas viagens, em rotas pelo Brasil, Paraguai, Argentina, Uruguai e nos Estados Unidos.

Também é instrutor para cursos de primeiros socorros pela National Safety Council e integrante de grupos e clubes como Brazil Rider´s, HOG – Harley Owners Group, BMW Riders, Sócio Homérico Internacional Motoclube da cidade de Salta (Argentina). Já rodou cerca de 120 mil km de motocicleta desde 2006.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br