Teste em ritmo de competição

Moto utilizada na 'Husq Cup' é fácil de andar, de conduzir e responde bem aos comandos.

Por Leandro Alvares

A primeira etapa da Husqvarna Supermoto Cup foi o teste das WR 125 em plena ação. Pudemos treinar no asfalto e um pouco na terra e logo no início já deu para perceber a força do pequeno motor de 125cc.

Pequeno não exatamente pela sua cilindrada, mas por ser mesmo muito pequeno. Logo ao olhar para o equipamento já dá para perceber o enorme espaço que existe entre o chassi e o propulsor.

O acesso ao cilindro, cabeçote, carburador e todos os demais componentes do motor é muito fácil, proporcionado pelo pequeno tamanho do mesmo, o que certamente reduz também o peso da moto. Ela é toda pequenininha, à exceção da altura que é bem alta em função das suspensões super dimensionadas para ela, com bengalas Marzocchi e amortecedor traseiro Sachs.
 
O motor fala alto e chega a 19.000 rpm. Bem carburada, o seu desempenho deve ser bem próximo das já famosas YZ’s, CR’s e outras 125cc de 2 tempos, haja vista que o vencedor da prova da SM2 na abertura do campeonato venceu com uma WR 125, provando que ela tem condições de disputar na categoria e fazer bonito.
 
Os freios Brembo proporcionam boas frenagens e permitem frear lá dentro das entradas das curvas. Apesar dos discos não terem os furos para refrigeração, eles não perderam ação em nenhum momento.

A suspensão não pôde ser bem avaliada porque a parte de terra era curta, com poucos saltos, e a pista praticamente não tinha buracos, mas nas pequenas mesas pude perceber que ela absorve bem as aterrissagens dos saltos, contudo, precisaria avaliá-la melhor em condições mais severas mesmo sabendo que as suspensões são fabricadas por marcas de renome e que devem garantir boa performance nestas condições também.
 
A posição de sentar é muito boa e a pilotagem muito confortável, digna das maiores marcas do off-road mundial. É uma excelente opção para quem curte as motos de 2 tempos e desta categoria. Ela é bem fininha e encaixa muito bem na parte do tanque e fim dianteiro do banco, possibilitando um encaixe perfeito do piloto para fazer as curvas.

Ela é fácil de andar, de conduzir e responde bem aos comandos. Alguns detalhes podem ser feitos para melhorar sua performance, mas isso ficará para tema de uma nova coluna, na qual poderemos dar detalhes da preparação.
 
Os pneus e rodas motard foram bem adaptados, e os Pirelli agüentaram bem o asfalto mostrando um desgaste bem menor do que imaginávamos. Até mesmo na terra eles tiveram bom desempenho, provando que a escolha foi bem acertada até mesmo para a WR que participou da SM2, em que a preparação é absolutamente livre para motor, rodas, pneus e suspensões.
 
Achei que a especificação técnica de fábrica, que divulga a potência de 32 cavalos, um pouco inconsistente com relação ao desempenho da moto, que se equiparou nas provas com as 250 F, cujas potências ultrapassam a casa dos 40 cavalos.
 
Enfim, é uma boa relação custo-benefício para uma moto com essas características, que pode ser comprada ao preço médio de R$ 19.500,00.

Ficha Técnica

Motor: Monocilíndrico 2 tempos com válvula HTS,  refrigerado a água
Cilindrada: 125cc
Diâmetro x Curso: 54 x 54,5 mm
Taxa de compressão: 8,8: 1
Potência: 32cv
Alimentação: Carburador Mikuni 38mm
Transmissão: 6 marchas
Transmissão primária: Engrenagens
Transmissão secundária: Corrente 520 V6
Embreagem: Multidisco banhada a óleo
Chassi: Quadro tubular de aço
Suspensão dianteira: Invertida Marzocchi de 45 mm com ajustes de compressão e retorno
Suspensão traseira: Balança de alumínio com amortecedor a gás Sachs com ajustes de pré-carga, compressão e retorno
Freio dianteiro: Disco simples, 260 mm, pinça Brembo de 2 pistões.
Freio traseiro: Disco flutuante, 240 mm, pinça Brembo de 1 pistão.
Roda dianteira: Raiada com aro de alumínio, aro 17
Pneu dianteiro: 110/80- 17
Roda traseira: Raiada com aro de alumínio, aro 17
Pneu traseiro: 140/70 -17
Comprimento: 2210 mm
Altura do assento: 980 mm
Distância entre eixos: 1465 mm
Trail: 107 mm
Tanque de combustível: 9,5 litros
Peso a seco: 99,5 kg
Cores: Branco com vermelho
Garantia: 2 anos sem limite de quilometragem

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br