Yamaha quer investir no mercado das elétricas

A fabricante japonesa declarou que quer levantar uma quantia de U$ 812 milhões para a produção de motores de baixo consumo de combustíveis.

Por Roberto Brandão

A Yamaha Motors está preparada para levantar uma quantia de U$ 812 milhões para o desenvolvimento e produção de motores de baixo consumo de combustíveis, que incluiu os modelos híbridos e elétricos.

O foco desta nova área da Yamaha parece ser destinado aos mercados emergentes, mas podem incluir tecnologias que podem gotejar em mercados mais estabelecidos, como os Estados Unidos. A marca dos três diapasões planeja levantar esse dinheiro, colocando cerca de 63,25 milhões de ações da empresa a venda para investimento do público.

A liberação deste estoque vai aumentar o número o total de ações em circulação da Yamaha em 22%. A medida criaria cerca de ¥ 76.1 bilhões (812 milhões dólares) em capitalização de mercado.

Além dos novos motores e modelos para mercados em desenvolvimento, a Yamaha também tem planos de utilizar os fundos para os custos de reestruturação, e tornar suas ofertas atuais mais competitivas em seus respectivos segmentos do mercado. A maior parte do capital levantado, no entanto, será utilizado para desenvolver motores mais eficientes para motocicletas e barcos, assim como motos e bicicletas a movidas a motor elétrico.

O relógio está rolando para as pequenas fabricantes de motocicletas movidas a motor elétrico, antes que vejam a Yamaha competir com eles no mercado interno e externo.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br