Vyrus 986 M2: Para contaminar as pistas e as ruas

Arthur Caldeira

Fabricadas artesanalmente e somente sob encomenda, as motos da Vyrus são inovadoras e verdadeiras obras de arte sobre duas rodas. Agora, a pequena fábrica de Rimini, na Itália, quer atacar as pistas com o modelo 986 M2, para disputar a categoria Moto 2 – motos de 600 cc que substituíram as antigas 250cc com motores dois tempos no Campeonato Mundial de Motovelocidade.

Apresentada no Salão de Motos de Verona (Itália) no início do ano, a Vyrus 986 M2 traz a mesma ciclística revolucionária característica das motos da marca. O grande diferencial é o trem dianteiro: invés do garfo telescópico as motos Vyrus apostam em um monoamortecedor com uma caixa de direção totalmente diferente, que controla o eixo da roda dianteira. Além disso, o quadro não existe. O chassi é formado por uma peça em forma da letra Ômega, que sustenta o motor, a suspensão dianteira e a balança traseira, e também por um monochoque de fibra de carbono.

No coração da 986 M2 está um motor de quatro cilindros em linha da Honda CBR 600RR, assim como todas as motos do grid na categoria Moto2.

Leve e potente
Como traz diversas peças em fibra de carbono e menos componentes, o grande destaque da 986 M2 é seu baixo peso: somente 135 kg. Vale citar ainda as inúmeras grifes que fazem parte dessa máquina, como amortecedores Öhlins na frente e atrás, freios monobloco Brembo e rodas Marchesini.

O motor de quatro cilindros em linha, DOHC e arrefecimento líquido de 599 cm³ de capacidade foi equipado com uma nova central eletrônica: a Vyrus 986 é capaz de produzir 125 cavalos – na CBR 600RR de fábrica são somente 120cv.

Versão de rua
Embora tenha sido apresentada em janeiro, a revolucionária Vyrus ainda não contaminou as pistas do Mundial de Moto2. Por enquanto é mais um projeto do idealizador da Vyrus, Ascanio Rodorigo, à espera de uma equipe que acredite em sua engenharia inovadora.

Porém, na Europa, já rolam especulações que a Vyrus prepara uma versão de rua da 986 M2. Claro que traria farol, setas e espelhos retrovisores, além de um escapamento homologado para as ruas. Mas manteria as soluções ciclísticas mirabolantes. A imprensa européia acredita que a Vyrus 986 de rua pode ser lançada em setembro.

Fotos: Divulgação



Fonte:
Agência Infomoto




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br