Trofeo Metrakit Brasil PréGP 125cc

Perfectmotors e Metrakit lançam competição com parâmetro europeu para jovens pilotos.

Por Roberto Brandão

Roberto Brandão Filho

Ontem, dia 08/12, um novo formato de competição de motocicletas foi lançado no Brasil. A Perfectmotors e a Metrakit (fabricante e fornecedora de equipamentos de alta performance) estão implantando no Brasil uma categoria para a formação de novos pilotos, o Trofeo Metrakit Brasil PréGP 125cc, para meninos e meninas de 12 a 16 anos.

A Metrakit está há 30 anos no mercado de motocicletas de competição para jovens, e já formou diversos campeões no campeonato Mundial de Motovelocidade, como Marc Marquez, campeão Mundial da categoria 125cc em 2010, Jorge Lorenzo, campeão Mundial da MotoGP em 2010, entre outros. Anualmente são realizados mais de vinte e cinco campeonatos com motocicletas Metrakit em quinze países ao redor do mundo, como a Cuna de Campeones Bancaja e a Copa Mediterrânea.

“A Metrakit representa muitos pilotos campeões. Um grande número de pilotos da MotoGP se formaram na categoria PréGP 125cc da Metrakit, a mesma que estamos trazendo para o Brasil”, disse Gabriele Scalzi, diretor da Metrakit Itália. “Hoje é muito difícil pensar em competir na MotoGP sem passar por alguma categoria base como essa”.

O principal objetivo da implantação dessa categoria no Brasil é a formação de jovens talentos. Além disso, o campeonato irá contribuir para o desenvolvimento do motociclismo como esporte. O Trofeo Metrakit Brasil quer se consolidar como uma categoria escola e oferecer estrutura com padrão     internacional. “Queremos que os pilotos vivam no mesmo ambiente que encontrarão nos campeonatos lá fora, e para isso ofereceremos um diferencial esportivo”, disse o Diretor Geral, Carlos Ludman.

Diferencial esportivo

Segundo os organizadores, o diferencial esportivo é fundamental para desenvolver e privilegiar o talento individual. Ou seja, os pilotos terão uma condição de igualdade. Todas as motos serão preparadas por uma equipe, e essa equipe será montada por uma divisão da empresa que será treinada pela Metrakit na Europa. Sendo assim, todos os pilotos terão as mesmas chances e aqueles com mais técnica e habilidade serão consagrados.

“Não queremos que, pelo menos no ano de lançamento da competição, o piloto na equipe mais rica leve vantagem. Queremos buscar realmente aquele menino que tenha mais ´braço´ e para isso chegamos à conclusão de que o campeonato deve ser monomarca”, explicou Ludman.

Para garantir essa igualdade, a organização decidiu sortear as motocicletas antes das etapas. Por exemplo, na primeira etapa certo piloto ficou com a moto de chassi número quatro. Na próxima ele correrá com a moto de chassi número 7. Por que isso? Segundo Ludman isso ajuda no aprendizado dos pilotos. Eles terão a cada etapa um desafio de Set-Up e configuração da motocicleta. Um dinamômetro será usado para a verificação da igualdade das motos.

Aprendizado Técnico


Os pilotos farão um curso de pilotagem pré temporada com o piloto de Motovelocidade, Bruno Corano, na MotoSchool. Garotos e garotas poderão aprender técnicas de pilotagem antes mesmo de começarem a correr, o que permite que novos talentos sejam descobertos.

Os pilotos terão contato direto com mecânico para garantir um aprendizado técnico mais aprofundando. “Não adianta só guiar. Queremos que os meninos tenham contato direto com os mecânicos para aprenderem sobre o Set-Up das suspensões, diferença de calibragem de pneus, cronometragem, placas de informação e etc. E principalmente, aprender a passar as informações para o mecânico”, salientou Ludman.

Regulamento

O Trofeo Metrakit Brasil PréGP 125cc é para meninos e meninas de 12 a 16 anos. Todas as etapas serão efetuadas em Interlagos, junto com o Pirelli Superbike. Isso deve-se ao fato de ser mais baratos para os pilotos se locomoverem para São Paulo, que a organização levar o campeonato para outros locais.

A programação do campeonato seguirá o formato da maioria das competições. Na sexta feira serão realizados treinos livres. No sábado, treinos livres e classificatórios e no domingo, warm-up e corrida.

Como funcionará equipe e piloto? Com orientação da Metrakit, será disponibilizado um mecânico para cada quatro pilotos e um tutor (Coach) para cada piloto. Fora isso, terão mais quatro pilotos especializados. Um para suspensão, outro para motor, outro para freio e um de telemetria para auxiliar o mecânico e os pilotos.

Os pilotos poderão fazer regulagens limitadas e tem somente 20 vagas. O prêmio para o vencedor será todas as despesas pagas pela Red Bull Brasil para participar da seletiva 2012 para o Red Bull Roockies Cup. Além disso, a Metrakit irá propiciar duas viagens com todas as despesas pagas para participar de provas na Europa. A primeira, no dia 15 de maio, será em Mugello para o menino que estiver em primeiro lugar no campeonato. A segunda será ou em Silverstone, ou em Misano, para o menino que estiver em primeiro colocado no segundo semestre de 2011.

A motocicleta


A motocicleta PréGP 125cc da Metrakit que será utilizada no campeonato é especialmente projetada para competições. Seu chassi, em treliça tubular de alumínio, pesa apenas 84 kg e carrega um motor Husqvarna 2 tempos de 124,8cc que atinge 32 cavalos de potência e tem RPM máximo de 12.500.

A suspensão dianteira em alumínio é invertida com regulagens. O trabalho de frenagem é feito por discos Brembo de 300mm na dianteira e 168mm na traseira. Os pneus são Slick, de 95/70 aros 17 na dianteira e 115/70 aros 17 na traseira.

“O objetivo de trazer esse tipo de competição para o Brasil nasceu depois que vi Erick Granado sagrar-se campeão no Bancaja. Faltava um campeonato como esse no Brasil, para que o motociclismo comece a fazer parte da cultura brasileira. Para formar novos pilotos e com certeza conseguir colocar a bandeira de nosso país na categoria Rainha do motociclismo Mundial, na MotoGP. Esse é nosso objetivo”, finalizou Ludman.

O calendário com as datas das etapas ainda não foi definido. O site oficial da competição estará no ar daqui três ou quatro dias. Para mais informações sobre inscrição, entrar em contato com Fábio Lima, Gerente Comercial do Trofeo Metrakit Brasil, pelo e-mail fabio.lima@perfectmotors.com.br

Custos para competir:

Motocicleta – R$ 30.000,00
Custo –R$ 4.000,00 por etapa
Inscrição – R$ 500,00 por etapa
Despesas de Acidente
Pneus

A equipe organizadora do Trofeo Metrakit Brasil PréGP 125cc:
Carlos Ludman – Diretor Geral
Dagoberto Filho – Gerente de equipe
Fabio Lima – Gerente Comercial
Sebastian Rochón – Gerente Técnico
Gian Calabrese – Instrutor

Parceiros:
Bruno Corano – Piloto e instrutor da MotoSchool
Gabriele Scalzi – Diretor da Metrakit Itália
Ricardo Levy – Gerente da Área de Esportes da Red Bull


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br