Terceira edição do MotoTest reúne 300 motociclistas em Sumaré (SP)



Mais de 300 motociclistas tiveram a oportunidade de pilotar motocicletas das marcas BMW, Ducati, Kawasaki e Yamaha durante a 3ª edição MotoTest. Além das informações sobre o modelo, o test ride é essencial para a decisão de compra correta. Por esta razão, o MotoTest se torna tão atrativo, tanto para motociclistas que sofrem com a falta de disponibilidade de motos de alto valor para test ride em concessionárias e as marcas, que encontram uma estrutura que permite disponibilizar seus modelos e equipes para tirar as dúvidas que surgirem.

No Campo de Provas da Pirelli, em Sumaré (SP), estavam disponíveis 24 modelos esportivos, nakeds e especiais da BMW, Ducati, Kawasaki e Yamaha. Foram realizados cerca de 2.000 testes em um único dia!

Entre os destaques nesta edição, BMW S 1000 RRDucati Panigale, nas versões 1299 e 959, Kawasaki ZX-10R e a Yamaha YZF-R1M, motos que têm custo superior a R$ 80 mil e que não estão disponíveis nas concessionárias para teste. 

“Tivemos um caso nessa última edição em que o participante foi testar apenas uma moto. Saiu do MotoTest direto para a concessionária para fechar o negócio. Esse é o propósito do evento, que através da experimentação seja possível ampliar as possibilidades de vendas”, comenta Bruno Corano, idealizador do MotoTest.

Além de acelerar as motos, mais uma vez, os participantes puderam testar equipamentos. Alpinestars, Bell, LS2, Shark, Zeus disponibilizaram capacetes, jaquetas, luvas e botas para serem utilizados durante o dia.

Foto: Divulgação/Marcelo Alves



Fonte:
Motociclismo




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br