Simulador de empinadas faz sucesso no Moto 1000 GP

Além de quatro corridas do Moto 1000GP que promoveram momentos de disputa intensa na pista de Interlagos, em São Paulo (SP), os bastidores das provas também estiveram bastante movimentados no último final de semana. Uma das atrações que mais chamaram atenção nos boxes foi o simulador de manobras radicais criado por Leandro Panadés. O equipamento leva o nome Red Bull Wheelie Machine.

Panadés atuou como piloto na motovelocidade brasileira por muitos anos. A ideia de desenvolver o simulador ocorreu-lhe em 2007. “Vi na internet um vídeo em que alguém fez algo parecido, mas era muito pobre, sem recursos. Aí resolvi montar um para ter na garagem de casa. Eu trabalhava em uma loja de motos, e um dia levei o equipamento para lá para os meus colegas experimentarem. A loja ficou lotada de gente interessada”, recorda.

- Confira o vídeo de apresentação do Wheelie Machine em outro evento no circuito de Interlagos com o skatista profissional Sandro Dias ao guidão.

O simulador foi concebido por Panadés a partir de uma moto com motor de 1000 cilindradas – atualmente, o modelo é o CBR 1000RR da Honda. “É uma moto de verdade, posso perfeitamente tirar da plataforma e ir pilotando até minha casa. Só o que muda é a relação secundária e a alimentação de óleo. Instalei uma cinta na frente da plataforma, presa à roda dianteira, para controlar o ângulo de inclinação, para a moto não tombar para trás”, explica.

O objetivo é proporcionar aos convidados noções segurar para empinar a moto. “Eu, mesmo, sabia empinar, mas só no motor, não tinha as manhas de usar o freio. Quem já sabe empinar se diverte bastante. Para quem ainda não sabe, é a oportunidade de aprender com segurança”, ele define. O equipamento é utilizado em eventos de diversas naturezas. O ex-piloto Alexandre Barros, organizador do Moto 1000GP, também experimentou o simulador.

Fotos: Donini Produções



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br