Retrospectiva 2011 MOTO.com.br

Aladim Lopes Gonçalves

O ano de 2011 já está ficando para trás e daqui a pouco só poderá ser visto pelo retrovisor. Mas o tempo que passou vai deixar boas recordações e, infelizmente, algumas lembranças tristes para os aficionados por motocicletas e por competições em duas rodas.

Foram diversos lançamentos das mais variadas marcas, algumas, finalmente, desembarcando no Brasil, e uma série de novos modelos chegando ao mercado. Deu para ver um pouco de tudo, desde motos compactas de 50 cc até grandes motocicletas de luxo com motores de 1600 cc, passando por veículos de duas rodas equipados com ecológicos motores elétricos.

Não é à toa que o mercado nacional está situado hoje entre os principais consumidores de motos do planeta. Tanto para motos populares quanto para os modelos Premium. O Brasil descobriu o potencial do mercado de duas rodas e o motociclista brasileiro descobriu que consegue usufruir melhor do seu direito de ir e vir andando de moto.

Acompanhe a retrospectiva do site MOTO.com.br com os fatos mais importantes de 2011 no mundo moto.

Competições (Brasil) – Campeões
Superbike Series: Danilo Andric
Pirelli Mobil SBK: Danilo Andric
TNT SBK: Danilo Andric
Moto 1000 GP: Alan Douglas (GP 1000), Eduardo Costa Neto (GP Light) e Ricardo Kastropil (BMW S 1000RR)
Campeonato Brasileiro de MX: Antonio Jorge Balbi Junior (MX1), Jean Ramos (MX2) e Duda Parise (MX3)
Superliga Brasil de Motocross: Antonio Jorge Balbi Junior (MX Pró)
Racing Festival CB 600F Hornet:  Maico Teixeira
Racing Festival CB 300R: Marcos Câmara
Arena Cross: Roberto Castro (MX Pró), Humberto Martin (MX2) e Kaio Miranda (Júnior)
Campeonato Brasileiro de Supermoto: Rafael Fonseca
Rally dos Sertões (moto): Cyril Despres (França)
GP Brasil do Mundial de Motocross (Indaiatuba-SP): David Philippaerts, Itália, equipe Yamaha (MX1) e Jeffrey Herlings, Holanda, equipe KTM (MX2)
Etapa de Brasília do X-Fighters FMX: Nate Adams, EUA

Competições (internacionais) – Campeões
MotoGP -Casey Stoner, Austrália, equipe Repsol Honda
Mundial Superbike - Carlos Checa, Espanha, equipe Althea Ducati
Mundial de Motocross – Antonio Cairoli, Itália, equipe KTM (MX1) e Ken Roczen, Alemanha, equipe KTM (MX2)
AMA Supercross – Ryan Villopoto, EUA, equipe Monster Energy Kawasaki
X-Fighters FMX –Dany Torres, Espanha
Rally Dakar 2011 - Marc Coma, Espanha, equipe KTM

 

Homenagens

Marco Simoncelli
O mundo da motovelocidade está mais triste desde o fatal acidente do genial e um dos mais promissores pilotos da MotoGP, o italiano Marco Simoncelli, o super sic, o urso do cabelo duro... Considerado o mais irreverente e divertido personagem do circuito da motovelocidade, Marco Simoncelli se envolveu em um grave acidente com outros pilotos na etapa de Sepang (Malásia), no dia 23 de outubro.

Swian Zanoni
As competições de Off Road perderam o talento do piloto mineiro Swian Zanoni Coelho Gomes, que morreu no dia 18 de setembro, em Orizânia, a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte, devido a um acidente enquanto disputava uma prova de motocross.

Eldinei Viana
Um dos viajantes de moto mais carismáticos do Brasil, com mais de 100 mil quilômetros rodados pelo mundo afora, o motociclista Eldinei Viana acabou perdendo a vida em um trágico acidente no dia 4 de agosto em uma estrada do Paraná. Como colunista de viagens do MOTO.com.br ficou conhecido e respeitado no mundo das duas rodas.

 

Mercado
O mercado brasileiro se viu fortalecido com a chegada de novas marcas por operações diretas ou por meio de representantes oficiais.

Harley-Davidson, presença oficial no país com uma linha de 20 modelos de motocicleta e planos para novos lançamentos e expansão da rede. A realização do Harley Days foi um dos grandes eventos de 2011

MV Agusta, início da parceria com a Dafra Motos para a montagem em regime de CKD no país dos modelos Brutale e F4 e início da operação comercial

Ducati, representação oficial e anúncio de fábrica para produção de motos no Brasil
KTM, com operação oficial no país, a marca austríaca abriu na cidade de São Paulo seu maior showroom no mundo e fez o anúncio de fábrica local para a produção do modelo Duke 200, apresentado no Salão Duas Rodas de 2011

Triumph, a lendária marca inglesa anunciou no final do ano que vai retomar as operações no Brasil em 2012

 

Lançamentos
Novas motos ganharam às ruas em 2011, mostrando a força do Brasil como uma grande potência do mercado de duas rodas, fechando o ano com vendas na faixa de 2 milhões de unidades.

Honda, a marca japonesa barbarizou o mercado nacional com o lançamento de uma séries de modelos importantes, como XL 700V Transalp, VFR 1200F, CB 1000R e CBR 600F.

Yamaha, a marca dos diapasões surpreendeu e completou em 2011 as motos da família Ténéré, com os lançamento dos modelos XT 1200Z Super Ténéré e XT 660Z Ténéré

Kawasaki, a marca japonesa cresce no país com o lançamento no início de 2011 da Ninja 650R e as grandes atrações no Salão Duas Rodas, a touring Concours 14 e a esportiva Ninja 1000
MV Agusta, as motos da marca italiana Brutale 1090RR, Brutale 1090R e F4 foram lançadas no Salão Duas Rodas e as vendas começaram em seguida

BMW, a marca alemã ampliou sua linha de produtos montados no Brasil em parceria com a Dafra (G 650 GS, a F 800 R e a F 800 GS) e trouxe sua linha touring com motor seis cilindros K 1600 e apresentou no Salão Duas Rodas G 650 GS Sertão, que futuramente deverá ser produzida no país

Suzuki, a marca japonesa lançou no mercado a renovada scooter Burgman 125i (com injeção eletrônica) e a compacta urbana GSR 150i, com boas soluções no segmento

Kasinki, parceria da fabricante chinesa CR Zonghen, a marca brasileira expandiu os negócios com parcerias com a rede de varejo Máquina de Vendas e parceria com a Light no Rio de Janeiro para a produção de motos e bicicletas elétricas. No Salão Duas Rodas, lançou a Comet GT 650 e apresentou a Comet SR 150

Dafra, além da parceira com BMW e MV Agusta, a marca brasileira expandiu as alianças com fabricantes asiáticas como SYM, Daelim e Haojue

Ducati, a lendária marca italiana de motos esportivas colocou no mercado vários modelos de peso, como a Diavel, e surpreendeu o público no Salão Duas Rodas com a nova Streetfighter

 

Fatos importantes

Proibição de garupa
A lei para proibir garupa nas motos nas grandes cidades de São Paulo nos dias úteis incomodou os motociclistas no final de 2011. Felizmente o projeto do deputado estadual Jooji Hato (PMDB), elaborada como forma de combater o crime, foi vetada pelo governador Geraldo Alckmin, que considerou a proposta uma punição para esse meio de transporte.

Seguro de moto cresce
Com um aumento de cerca de 20% na contratação de seguros de motos em 2011, esse maior volume de negócios está gerando uma economia para o motociclista no custo da apólice. O preço do seguro estava por volta de 30% agora circula na faixa entre 10% e 15%.

Fotos: Divulgação

 

E para  você, qual foi o fato ou o acontecimento motociclístico mais marcante e importante de 2011? Comente esta notícia na guia abaixo e deixe sua opinião sobre o ano que passou.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br