Recorde de produção e vendas

Abraciclo ratifica previsões feitas para este ano e revela expectativas promissoras para 2008.

Por Leandro Alvares

Aldo Tizzani

“O setor de duas está vivendo um momento ímpar. E as previsões para 2008 são as mais otimistas possíveis”. A afirmação é do bem-humorado Paulo Takeuchi, presidente da Abraciclo, associação que reúne os fabricantes de motocicletas.

A euforia do segmento está embasada por números impressionantes. O mercado registrou mais um recorde de produção e vendas no mercado interno em 2007. Foram produzidas, até setembro, mais de 1 milhão e 300 mil motocicletas no país, crescimento de 22,4% em comparação ao mesmo período de 2006.
 
As vendas também apresentaram aumento, registrando 26,1% a mais de volume de negócios do que o mesmo mês do ano passado. Ou seja, em 2006 foram comercializadas 940.211 motocicletas. Este ano este número saltou para 1.196.650 unidades vendidas.

Balanço e previsões para 2008

Segundo Paulo Takeuchi, os dados confirmam a tendência de crescimento do setor e as previsões feitas para 2007 se concretizarão. “A indústria de motocicletas produzirá 1.650.000 unidades e comercializará cerca de 1.510.000 no mercado interno”, declara o presidente da Abraciclo.

Para o ano que vem, o setor promete continuar aquecido. De acordo com as previsões da Associação, devem ser produzidas 1.850.000 unidades, 12,1% a mais do que a produção deste ano.

Acompanhando o panorama econômico, as vendas também seguirão o bom momento e crescerão cerca de 14,6%, o que significa dizer que 1.730.000 motos serão comercializadas até o final do próximo ano.

Ranking das montadoras
Honda: 80,4%
Yamaha: 13,7&
Sundown: 5,4
Kasinski: 0,4%
Harley-Davidson: 0,1%

Mercado interno por cilindrada
Até 100cc: 8,3%
De 101cc até 150cc : 80%
De 151cc a 250cc: 9,2%
De 251cc a 450cc: 0,9%
Acima de 451cc: 1,6%

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br