Projeto de lei é barrado por recurso

Deputados conseguiram 90 votos para vetar a proibição do tráfego de motos nos corredores.

Por Leandro Alvares

O projeto de lei que visa à proibição do tráfego de motocicletas pelos “corredores” formados pelos carros foi barrado nesta semana, graças à ação de alguns deputados federais.

Willian Woo (PSDB-SP) e Jair Bolsonaro (PP-RJ) apresentaram ontem, na Câmara dos Deputados, um recurso com 90 assinaturas contrárias à medida 2650/2003, aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no dia 7 de abril.

“Seriam necessárias, pelo menos, 53 assinaturas de deputados federais abonando o requerimento. Felizmente e mostrando sensibilidade, no final da semana, o deputado Woo já havia conseguido 70”, afirmou o presidente da Federação dos Moto Clubes do Estado de São Paulo, Reinaldo de Carvalho, em comunicado distribuído à imprensa.

Com o veto, o polêmico projeto de autoria do deputado federal Marcelo Guimarães Filho será apreciado agora pela Câmara dos Deputados, em vez de seguir para implementação no Senado Federal.

“Com isso, o projeto de lei ingressará na fila dos milhares de outros existentes, aguardando votação”, destacou Carvalho.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br