Personalizada: Back to the Future

HD Heritage ganha visual de old school após ser customizada pelo Johnnie Wash.

Por Leandro Alvares

A edição de fevereiro da revista MOTO.com.br trouxe uma novidade aos seus leitores: a moto destaque do mês, apresentada pelo Johnnie Wash.

O ponto de encontro da cidade de São Paulo, que se diferencia da concorrência por fornecer serviços tanto para os donos das máquinas de duas rodas quanto para as próprias motocicletas, também se tornou conhecido pelos projetos de customização.

Exemplo disso é a Harley-Davidson Softail Heritage destacada nesta matéria, que passou por um processo de personalização, transformando-se num equipamento com cara de “old school”. Ricardo Medrano, responsável por comandar a equipe do Johnnie Wash, falou em entrevista sobre o trabalho de arte empregado no modelo:  

MOTO.com.br: Como surgiu a idéia de fazer esta customização?

Ricardo Medrano: Fomos procurados pelo proprietário da moto, Bob Kinsey, que já há algum pensava em fazer um projeto personalizado. Ele imaginava conciliar uma mecânica confiável com o charme das motocicletas da década de 1950 e 1960.

M: Qual foi a etapa mais complicada no processo de personalização?

RM: Acho que o projeto em si é a parte mais complicada. Após várias conversas sobre estilo e tendências, criamos um conceito que se ajusta à idéia do cliente. Depois de muitos estudos e pré-projetos, chegamos ao desenho final e a definição de praticamente 90% da motocicleta. A partir deste ponto fica muito fácil de executar, e nesta fase alguns ajustes e pequenas mudanças também podem ser introduzidos, a critério do construtor ou do proprietário.

M: Na comparação do antes com o depois, quais as diferenças observadas no “novo modelo”?

RM: Neste caso, o grau de customização não ocasionou mudanças estruturais da moto original. O chassis e a suspensão continuaram os mesmos. A motorização recebeu um “veneno” a mais com um kit de pistões e comando, que aumentou a cilindrada de 1450cc para 1550cc.

Também ganhamos em torque e potência final do conjunto. Na parte de injeção, melhoramos a qualidade da mistura ar-combustível com o kit Power Comander, que atua após o modulo de injeção, aperfeiçoando o desempenho dentro da câmara de queima para aumentar a freqüência, duração da gasolina e, conseqüentemente, o rendimento.

Os escapes foram redimensionados para um “dois em um”, com flautas de regulagem interna, para impulsionar a performance, mais um conjunto de filtros esportivos.

Na parte estética, os paralamas também foram redimensionados e alterados, a posição das lanternas mudou, os frisos foram retirados — deixando o desenho mais limpo — e o conjunto de pintura incluiu os garfos e bengalas, os aros das rodas, cromos de cubos e aros, cromo preto nos niples de acabamento e parafusos do motor. Tudo isto deixou a moto com um visual agressivo e fez jus ao motor mais potente.

Os demais itens foram de inspiração “retro”: espelhos, manoplas, grafismos do tanque,  plataformas que foram redimensionadas e inclinadas para melhorar o conforto de pilotar, e o guidão, um exclusivo “Beach Bar” que deixou a condução extremamente suave. Com raiser curtos e espelhos redondos, deu ao piloto uma posição confortável e agradável esteticamente, de fácil condução.

Todos os itens foram montados de acordo com o que havia sido projetado, transformando uma HD Heritage  em uma autêntica “Rod”. Na verdade, uma “Hot Rod”.
 
M: Porque os clientes customizam sua motos?

RM: Customizar motos não é algo de hoje. Essa arte remete a Ed Roth, Von Dutch e outros “bad boys” americanos das décadas de 1940 e 1950 que transformavam suas bikes e carros em uma assinatura única e própria. A personalização é muito mais que isso, ela reflete um estado de espírito. Costumo dizer que é a maneira física de demonstrar a sua personalidade.

Os clientes que nos procuram desejam ter uma forma física de expressar a visão deles do mundo, cada um com seu estilo; e buscam isso na da moto. São pessoas bem informadas, antenadas com as mudanças, com bom poder aquisitivo e que almejam ter na moto algo que os satisfaçam.
 
M: O que mais lhe chama atenção nesta moto?

RM: A Simplicidade do projeto resultou em uma motocicleta limpa, harmônica e elegante, com personalidade no motor. Como as pessoas dizem: menos é mais.

M: E qual será a próxima máquina a ser customizada?

RM: Há quatro projetos em andamento. Em fase de entrega temos uma Softail Custom, que inova na pintura, em prata fosco e prata brilhante. Estamos terminando uma Fat Boy 2005, em preto fosco e alumínio, com um grau bastante alto de customização que chamamos de “Fatalluminium”. O projeto já foi executado e agora partimos para a fase de montagem. Este trabalho promete ficar muito bom!

Temos ainda uma Bobber Old School 1948, que também está em montagem. No entanto, este projeto deve demorar um pouco, pois além da parte estética temos um desafio de recuperação da mecânica original. Por fim, há uma street bike, com mecânica de Fat Boy e quadro desenvolvido por nossa equipe. Ela deve ser apresentada no Salão das Duas Rodas.

Opção de lazer e entretenimento

Nascido da necessidade que o mercado apresentava, segundo seus criadores, o Johnnie Wash possui um centro de serviços completos para motocicletas, que inclui troca de óleo, pastilhas de freios, amortecedores, escapamentos, acessórios exclusivos e, ainda, lavagem personalizada, cristalização e revitalização de cromados, hidratação de couro, entre outros atrativos.
 
O point dos aventureiros e amantes do mundo das motos também disponibiliza uma loja completa com diversos itens para motociclistas, como jaquetas, luvas, roupas apropriadas para chuva e frio, botas, óculos, todos os itens necessários para a segurança, além de presentes e curiosidades.
 
A decoração do ambiente remete aos gas station (postos de gasolina) do Texas, das décadas de 1950 e 60. Para conhecer o local, basta se dirigir à avenida Cardoso Doutor Cardoso de Mello, 570 - Vila Olímpia. O telefone para contato é (11) 3044-1195.

Ficha Técnica: HD Heritage

Proprietário: Bob Kincey
Projeto: Johnnie Wash Team
Tempo de execução: 20 dias
Base original: HD – FLSTCi Softail Heritage Classic 2005
Grau de customização: 2
Chassis: Harley-Davidson – Softail – 2005
Motor: 1550cc – EFI – SE Performance Kit – Power Comander
Câmbio: 5 marchas
Primária: Belt Drive
Tampa da primária: Jack Daniel’s Exclusive
Filtro: Screamin Eagle – Pro 1
Capa do filtro: Rivera Series – Vintage Style
Freios: EBC Brakes – HH 291
Paralamas: Nostalgia Steel – Johnnie Wash/Steeel Work
Frisos: nostalgia FLSTN
Tanque: Johnnie Wash/Steel Work – Emblema HD 1957
Escapamento: Johnnie Wash – Old Muffler 1939/Santin Black
Cromo negro: Johnnie Wash/Steel Finish
Pintura eletrostática: Johnnie Wash/Steel Finish
Plataformas: Footboard Muffler Guard - Johnnie Wash/Steel Work
Caixa de ferramentas:  Tool Box 1946 - Johnnie Wash/Steel Work
Farol dianteiro: HD 7’’ / H4 Bulb-Xenon Dual - Johnnie Wash kit
Lanterna dianteira: Marker Light/Indian 1946
Lanterna traseira: Tombstone Taillight/Black
Piscas: Bullet 1940
Espelhos: Rebuffini/Large
Pneus: Dunlop – White – 130 x 60 x 16’’
Rodas: 16’’ x 5 - Johnnie Wash Paint/Black
Pinturas: 3360 PPg - Intense Black Code
Guidão: HD Beach Bar/Large
Manoplas: HD Nostalgia/Rubber

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br