O scooter mais potente do mundo

Gilera GP 800 possui o mesmo motor da Aprilia Mana 85, capaz de ultrapassar os 200 km/h.

Por Leandro Alvares

Murillo Ghigonetto

A Gilera, da italiana Piaggio, acaba de lançar na Europa um novo conceito de scooter que promete revolucionar o mercado de duas rodas mundial.

Trata-se do Gilera GP 800, um maxi-scooter com potência de 75 cv, capaz de atingir velocidades superiores a 200 km/h, segundo medições feitas pelo fabricante.

A receita para este desempenho é simples. A novidade italiana sai de fábrica equipada com o mesmo motor da Aprilia Mana 850 e deverá estar pronta para comercialização a partir de novembro no mercado europeu. Como o próprio fabricante define, o GP 800 é mais que um scooter, será o marco de uma nova era para a indústria motociclística.
 
O GP 800 já entra no mercado internacional de duas rodas com o título de scooter mais rápido e potente em produção na atualidade. Para sua categoria, seus números impressionam até aos mais leigos.

Apresentado pela primeira vez durante o Salão Internacional de Milão de 2006, o scooter vem equipado com um motor de dois cilindros em “V” posicionados a 90 graus com 839,3 cm³ de capacidade e 75 cv de potência a 7.250 rpm, e torque de 7,6 kgf.m a 5.750 rpm.

Com isso, de acordo com o fabricante, o GP 800 é capaz de alcançar os 100km/h em apenas 5,7 segundos, tempo notável para um scooter com peso de 245 kg. O modelo sai equipado ainda com sistema de injeção eletrônica da Magneti Marelli e câmbio automático CVT, com a transmissão final feita por corrente.

Por fora, o GP 800 é muito semelhante aos demais scooters, com desenho moderno e aspecto bastante compacto, apesar de seu porte. Na frente está um pequeno pára-brisa, útil para as viagens, e o conjunto óptico, formado por dois faróis sobrepostos.

O painel conta com dois mostradores analógicos, com a indicação de velocidade e conta-giros, e um pequeno mostrador digital ao centro com informações do computador de bordo. Sob o assento está um compartimento de carga com espaço suficiente para um capacete e outros pequenos objetos.
 
Na parte ciclística, o GP 800 usa uma suspensão dianteira de garfo telescópico com tubo de 43 mm e curso de 122. Atrás, a suspensão é monochoque com curso de 133mm e balança em alumínio. As rodas são de 16 polegadas com freios Brembo de disco duplo e 300 mm na frente, e atrás disco simples de 280 mm com rodas de 15 polegadas.
 
Disponível na Europa a partir de novembro em duas cores, vermelha e preta, o GP 800 promete dar o que falar no mercado de duas rodas. Afinal, não é qualquer veículo de duas rodas que consegue reunir em um mesmo projeto o desempenho de uma moto esportiva, o conforto de uma touring com a praticidade dos scooters. Resta apenas esperar a divulgação do preço desta bela novidade.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br