O MUNDO DAS MULHERES

Uma homenagem do MOTO.com.br ao dia Internacional da Mulher.

Por Thiago Fuganti

Já se foi o tempo em que as mulheres ganhavam destaque somente em um dia, este estipulado no 8 de março, em homenagem às 129 tecelãs que morreram carbonizadas no incêndio de uma fábrica nos EUA, em 1857, quando reivindicavam melhores condições de trabalho.

Atualmente, em pleno século XXI, elas são o destaque, deixam inúmeros representantes da ala masculina para trás. São líderes em empresas, na política, nas decisões e também nos esportes.

Escolha uma modalidade, qualquer que seja, e use papel e caneta para anotar a quantidade de mulheres que povoam o mundo esportivo, pois os dedos não dão conta do recado. Desde os estilos mais tradicionais aos mais inusitados; elas se fazem presente.

E quando o assunto é moto, a adrenalina e emoção proporcionada pelas máquinas de duas rodas ganham o charme, ternura e delicadeza que somente elas sabem ter. Quer seja em pistas de corrida, trilhas de rally ou eventos de motociclistas, lá estão as mulheres, que não deixam a desejar nos quesitos velocidade e audácia.

O ano de 2005 comprovou que elas sabem acelerar, e forte. No Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, Ana Lima carimbou definitivamente o seu apelido de japonesa voadora, ao se tornar a primeira mulher campeã da categoria 125cc. Sem falar de Stefany Serrão, vice-campeã da classe C do Brasileiro de Motocross 50cc, na pureza de seus 10 anos, e de muitas outras competidoras que seguem na trilha dos campeonatos.

As meninas também tomaram conta das estradas do país. Exemplo e motivo de uma matéria especial no MOTO.com.br são as quatro amigas de Balneário Camboriú, Santa Catarina, que se aventuram com suas motocas pelas rodovias brasileiras, conciliando alta velocidade e segurança. (Clique aqui para conferir a entrevista).

O mundo se tornou delas, os homens cada vez mais caem para segundo plano. E os machistas que persistem em existir precisam se conformar com isso. Afinal, elas estão determinadas a assumir o topo do pódio — se ainda não o fizeram, estão muito próximas dessa conquista.

Parabéns, mulheres!!!


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br