Nova Yamaha MT-03 mais próxima do Brasil

Modelo naked de visual urbano e moderno deve ser lançado no país no início de 2008.

Por Leandro Alvares

Murillo Ghigonetto

Em ano de Salão Duas Rodas é sempre assim, o mercado se agita e os rumores sobre as novidades que serão apresentadas não param. Agora, mais uma vez as atenções se voltam para a Yamaha.

Depois do anúncio do lançamento da TT-R230 para o mercado nacional, especula-se que a montadora japonesa também trará para o mercado a nova MT-03. Apesar de não haver uma confirmação da fabricante, os rumores são fortes e estariam respaldados no fato da imprensa especializada já ter flagrado o modelo em testes no Brasil.

Se a informação for confirmada, com certeza vai agradar a muitos motociclistas brasileiros. Lançada inicialmente apenas para o mercado Europeu, a MT-03 é uma streetfighter, uma naked com visual urbano e moderno.

Na dianteira o conjunto óptico não chega a lembrar o da sua irmã maior, a MT-01, mas traz o mesmo estilo. O painel conta com um mostrador analógico para as rotações do motor, e um outro pequeno de cristal líquido com indicações do funcionamento mecânico e elétrico do conjunto. O assento é de dois níveis e na traseira o destaque são os dois grandes escapes pintados em preto encobertos por uma rabeta curta, sem muitos detalhes.

A posição de pilotagem é um pouco mais avançada do que na MT-03, o que prioriza a agilidade em curvas. Muitos componentes do chassi e até o motor foram fixados um pouco mais “à frente” em relação a outros modelos da marca. Segundo a montadora, isso se deve ao trabalho de centralização de massas, um dos maiores desafios dos engenheiros japoneses nesta moto.

Como resultado, está a ótima marca de distribuição de peso, com 48% na roda traseira e 52% na dianteira. A altura do assento é de 805 mm e o peso a seco de 174,5 kg. O motor utilizado pela MT-03 é o mesmo monocilíndrico de 660 cm³ com comando simples no cabeçote e arrefecimento liquido é o mesmo que equipa a XT 660R. Capaz de gerar 48 cv a 6.000 rpm, e torque de 5,95 kgf.m a 5.250 rpm. O câmbio é de 5 velocidades e a transmissão final feita por corrente.

Na ciclística a Yamaha MT-03 também mostra seus atributos. O quadro é do tipo diamante com toda sua estrutura tubular confeccionada em aço, o que garante boa rigidez contra torções. Outro ponto de destaque é o sistema de suspensão traseira, o mesmo utilizado na MT-01, fixado na lateral direita do quadro, rente ao motor. Esse sistema, segundo a montadora, além de conferir um visual inédito para o modelo, ajuda no trabalho de centralizar o peso da moto.

A suspensão dianteira usa um garfo telescópico com tubo de 43 mm e curso de 130 mm. Na traseira, o sistema usa um monoamortecedor regulável com 120 mm de curso. As rodas são de 17 polegadas, e os freios utilizam dois discos de 298 mm na frente e um menor, de 245 mm, atrás.

No Brasil o modelo deverá desembarcar no início de 2008. Apesar da Yamaha não confirmar nenhuma informação, a MT-03 deve ser apresentada ao público em outubro, durante o Salão Duas Rodas, e o preço deve ficar entre R$30 mil e R$ 40 mil.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br