NOVA BMW F 800S

Máquina esportiva deve ser comercializada no Brasil até o fim do ano.

Por Thiago Fuganti

Apresentada em novembro de 2005 no Salão de Milão (Itália), após 47 meses de desenvolvimento, a BMW F 800S finalmente deve chegar ao mercado brasileiro. De acordo com uma matéria veiculada recentemente no jornal “O Estado de S.Paulo”, a nova motocicleta promete desembarcar em território nacional no segundo semestre deste ano.

A máquina nasceu para atender aos consumidores que anseavam por um modelo mais potente que os de 650cc da fabricante, mas não tinham condições financeiras para adquirir as BMW maiores. Sendo assim, ela foi projetada com um inovador propulsor bicilíndrico paralelo de 798 cilindradas, desenvolvido pela BMW Motorrad em parceria com a Rotax austríaca.

“A F 800S nos coloca definitivamente mercado das chamadas motocicletas de categoria média”, afirma Herbert Diess, diretor da BMW Motorrad. “Esse é um segmento de alto volume, mas ao mesmo tempo altamente competitivo. E com nosso novo lançamento, estamos oferecendo uma moto de alta qualidade com características que os clientes vêm desejando há muito tempo”, acrescentou.

“Até mesmo os iniciantes e aqueles que estão voltando a pilotar serão capazes de manusear com facilidade essa moto, de peso leve e com notável agilidade. Juntamente com sua característica de motor balanceado voltado ao torque, pilotar esta motoca será uma atividade muito divertida – mesmo para os motociclistas mais experientes”, destacou o dirigente.

Os dois cilindros deixaram o equipamento mais macio e com menos vibrações, além de ter dado maior força ao conjunto, cujo motor gera 85 cavalos de potência máxima a 8.000 rpm e oferece torque máximo de 8,76 mkgf a 5.800 rpm.

O peso seco da F 800S é de 190 kg — 204 kg com o tanque cheio. O câmbio é de seis marchas e a transmissão final é por correia dentada em vez de cardã; uma opção para reduzir o peso. A aceleração de 0 a 100 km/h acontece em apenas 3,5 segundos e atinge velocidade final de 200 km/h.
 
Em matéria de conforto, a motocicleta beneficia tanto o piloto quanto o garupa; conseqüência, segundo a montadora, do bom ajuste dos amortecedores. O design aerodinâmico é outro item de destaque e confere aparência robusta e de velocidade ao modelo.

O tanque de combustível está posicionado abaixo do assento, contribuindo para um centro da gravidade baixo e com fácil acesso para abastecimento. Entre os equipamentos opcionais de tecnologia estão os freios de alta performance com ABS.
 
O painel de instrumentos possui desenho moderno e de fácil reconhecimento das informações necessárias. O proprietário pode optar por um computador de bordo que oferece, ainda, uma função de cronômetro.

A esportiva S poderá ser encontrada nas cores amarela e vermelha. O preço, no Brasil, deverá custar em torno de R$ 60 mil.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br