MOTO É DESTAQUE EM 2005

O setor cresce em relação ao ano anterior.

Por Fredy

Com inúmeras novidades de novos fabricantes e motocicletas, o setor de duas rodas não para de crescer. O Salão Duas Rodas realizado em outubro, esteve definitivamente recheado de novidades, e claramente observamos nosso mercado cada vez melhor. Novas fábricas entram na briga pela maior fatia do mercado, o de baixa cilindrada, fabricas consagradas lançam produtos com tecnologia de ponta, mostrando que o consumidor está mais exigente. A exemplo deste crescimento, o site de classificados MOTO.com.br também alcançou números expressivos, e já em outubro ultrapassamos a marca de 5 mil anúncios simultâneos, e de mais de 320 mil acessos, demonstrando o grande interesse entre compradores e vendedores. Junto a isso, o mercado de acessórios e equipamentos para os motociclistas também vem numa crescente. A cultura da necessidade de andar equipado está cada vez mais forte entre os motociclistas brasileiros, a consciência aumentou e setor vem apresentando números surpreendentes. Os serviços sem dúvidas também estão melhores, diversas lojas já oferecem em seu próprio local, coffee shop, lavagens especiais, manutenções e reparos.

Atento ao nosso mercado de duas rodas, a equipe de MOTO.com.br pesquisou alguns dados em relação ao setor.

Entre o período de janeiro a outubro de 2005, o mercado cresceu 10% em relação ao ano anterior. A indústria das duas rodas registrou vendas de 846.301 unidades no mercado interno entre janeiro e outubro de 2005, um volume 10,3% superior a igual período de 2004, durante o qual foram comercializadas 766.864 unidades de motocicletas. Em relação ao mês de setembro, o mercado interno mostrou crescimento de vendas de 3,9%. As vendas saltaram de 84.847 unidades em setembro para 88.177 em outubro. Em produção, os números também mostraram evolução. De janeiro a outubro de 2005 já foram produzidas 1.011.963 unidades, enquanto que em igual período do ano passado 893.114 unidades haviam sido produzidas, um crescimento de 13,3%. No mês de outubro, a produção atingiu um volume de 106.426 unidades, contra 100.877 unidades produzidas em setembro. Com isso a produção no mês de outubro ficou 5,5% acima em relação a setembro.

Nas exportações o volume de vendas registrado de janeiro a outubro foi de 158.850 unidades. Um desempenho 25% superior ao mesmo período de janeiro a outubro de 2004, quando foram exportadas 126.909 unidades.

Num comparativo com o mês anterior, as exportações de outubro atingiram 15.676 unidades. Um volume inferior ao registrado no mês de setembro, que foi de 17.253 unidades. A estimativa para o fechamento de 2005, é manter este crescimento geral do mercado brasileiro em 10% em relação ao ano anterior.

Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), Paulo Shuiti Takeuchi "A apresentação de inúmeras novidades no Salão Duas Rodas, principal evento do segmento realizado a cada dois anos no Brasil, deverá alavancar a curto prazo novos negócios para o setor de Duas Rodas. A entrada de novos fabricantes também deve contribuir para o aumento da oferta e da comercialização de motocicletas no mercado interno e em outros paises, acrescenta.

Enfim, as expectativas para o mercado de 2006 é positiva, novos produtos, serviços, e principalmente um mercado bem ativo é o que esperamos.

Bons negócios


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br