Mercado de motocicletas ainda ''patina''

Apesar da isenção da taxa da Cofins até 30 de março e a liberação de linhas de crédito, a recuperação do setor de duas rodas é lenta.

Por André Jordão

Apesar da isenção da taxa da Cofins até 30 de março e a liberação de linhas de crédito, a recuperação do setor de duas rodas é lenta. Segundo dados da Abraciclo (associação que reúne os fabricantes de motocicletas), no mês de janeiro 124.548 unidades foram comercializadas para a rede de concessionárias, 21,8% a mais do que no mês anterior, quando 102.260 motocicletas foram vendidas.

No comparativo em relação ao mesmo mês de 2009, foi registrado um aumento de 18,8%. Em janeiro, 127.778 unidades foram produzidas, 57,7% de aumento em relação a dezembro (período de férias coletivas do setor), quando 81.035 unidades saíram das linhas de montagem do Polo Industrial de Manaus (AM). Apesar dos números positivos nas vendas para a rede de concessionárias e na produção, há uma queda nas vendas ao consumidor de 23,2%, em relação a dezembro de 2009.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br