Menos poluição e mais desempenho

Piaggio lança sistema de propulsão híbrida para scooters, que estará em 3 de seus modelos.

Por Leandro Alvares

Murillo Ghigonetto

A Piaggio está lançando no mercado internacional um sistema de propulsão para scooters inédito no mundo. Trata-se da tecnologia híbrida com a utilização de dois motores, um elétrico e outro a combustão.

Com ganhos na economia de combustível para o piloto e menores índices de poluição ao meio ambiente, a tradicional marca italiana planeja introduzir esta nova tecnologia em três versões de seus scooters: Vespa LX, Piaggio X8 e Vespa MP3.
 
Batizado de HyS, a propulsão híbrida idealizada pela Piaggio funciona de forma simples e eficiente. Todo o sistema, de dimensões reduzidas, está ligado diretamente à roda traseira da scooter e funciona utilizando a força motriz dos motores de maneira independente ou simultânea.

Uma central eletrônica é o “cérebro” de toda a operação e analisa o momento exato em que cada motor deve ser acionado. Uma chave seletora no painel também permite ao condutor escolher o modo de condução em híbrido (os dois motores), apenas elétrico ou apenas combustão.
 
No modo híbrido, o conjunto funciona privilegiando o consumo de combustível ao máximo. Nas desacelerações, o propulsor a combustão pára dando lugar ao elétrico. Já nas saídas e acelerações acontece o inverso; o motor elétrico pára e dá lugar ao sistema à combustão. Tudo isso se reflete em números extremamente positivos. De acordo com a Piaggio, esse mecanismo pode fazer com que o consumo médio seja de mais de 60Km/l.
 
Um dos destaques dessa tecnologia, segundo o fabricante, é que se em algum momento o piloto precisar acelerar de forma mais agressiva, o motor elétrico também passa a funcionar fornecendo assim até 85% a mais de desempenho nas retomadas de velocidades. Toda energia necessária é armazenada em pequenas baterias localizadas na traseira do veículo. O sistema HyS, assim, é recarregado ao aproveitar as frenagens, transformando a energia cinética em energia elétrica.

Apesar do ineditismo do sistema próprio para scooters, ambas opções de motorização apresentam suas vantagens e desvantagens. No caso do motor a combustão, os pontos positivos estão ligados ao desempenho. Já nos motores elétricos, o maior destaque está na emissão quase zero de poluentes, visto que este tipo de propulsão, na maioria dos casos, ainda sofre pela baixa performance e capacidade das baterias. Segundo dados divulgados pela Piaggio, com essa tecnologia o índice de poluentes liberados na atmosfera diminui bastante.

Os três modelos da Piaggio dotados com a tecnologia HyS só devem estar no mercado a partir de 2008. Em todas as versões híbridas, as características técnicas e ciclísticas do modelo não sofreram nenhuma modificação, com câmbio automático, ignição eletrônica e sistema de partida elétrica. O preço das novas scooters híbridas, no entanto, ainda permanece um mistério.

Fotos: Divulgação.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br