INTERLAGOS EM DIAS DE APRENDIZADO

Circuito recebeu dezenas de postulantes a piloto no curso de pilotagem da Motoschool.

Por Leandro Alvares

Logo após ter sido palco da decisão do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o Autódromo de Interlagos voltou a receber — e em grande número — as máquinas speed, desta vez para as atividades do Motoschool. O curso de pilotagem, comandado por representantes ilustres do motociclismo nacional, reuniu mais de 40 alunos para dois dias de aprendizado no traçado paulista, na última segunda e terça-feira.

Antes de encararem os mais de 4 km de extensão da lendária pista, os aprendizes tiveram de ouvir os ensinamentos e importantes dicas de Bruno Corano, instrutor chefe da MotoSchool no Brasil.

O corredor do Team Scud aplicou o nível I do programa, com o qual fez uma introdução às principais técnicas de condução para se ter maior domínio e segurança na pilotagem, explorando mecanismos para buscar mais conforto ou performance do equipamento de duas rodas.

Por falar nas motos, promoveram um verdadeiro desfile de marcas e modelos pelo pit-lane de Interlagos. Kawasaki, Suzuki, Triumph, Buell, BMW, Yamaha Honda e até mesmo Harley-Davidson puderam ser vistas na região dos boxes.

“Essa aqui é uma street-road”, contou Mauro Costa, proprietário da Harley. “Não chega a fazer o que as speed fazem na pista, mas anda muito bem. Tem uma boa firmeza nas curvas e, para mim, está aprovada”, completou o paulista de 38 anos.

A parte prática do curso se deu em várias etapas. A primeira delas foi o reconhecimento da pista, feito sob a liderança de Corano e de outros três instrutores da Motoschool: Pablo Henrique Martins (piloto da categoria Superbike no Brasileiro), Mauro Thomassini (500cc) e Gian Calabrese (um dos redatores do MOTO.com.br).

Nas demais entradas no circuito, os postulantes a piloto aceleraram um pouco mais forte, afinal, colocaram em ação as instruções passadas no início da jornada. “O trabalho em pista é um momento muito comemorado por nós, orientadores, pois nos permite ver os resultados do curso, voltado para o aprendizado com segurança”, afirmou Martins, mais conhecido como Baratinha.

O que chamou atenção em ambos os dias foi a interatividade entre aluno e professor no pós-pista. “É legal porque eles vêm até nós cheio de empolgação, querendo saber como fazer uma melhor redução nas tomadas de curva, como inclinar a moto com mais precisão, entre outras técnicas”, disse Calabrese. 

“Essa relação nossa com o grupo traz maior confiança a todos no retorno à pista, quando orgulhosamente observamos uma melhora de desempenho em praticamente todos os corredores”, concluiu o também editor da revista “MotoAdventure”.

De acordo com Bruno Corano, a Motoschool terá mais uma turma até o fim do ano. “O último curso de 2006 acontecerá nos dias 11 e 18 de dezembro. Quem quiser participar, precisa entrar em contato conosco o mais breve possível para fazer a inscrição, que se resume no preenchimento de uma ficha, um termo de responsabilidade e condições gerais, além do sinal de pagamento”, explicou o vice-campeão Brasileiro da categoria Supersport.

As inscrições e outras informações podem ser solicitadas pelo telefone (11) 5524-5684, e-mail info@motoschool.com.br ou site www.motoschool.com.br.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br