Husqvarna traz dupla novidade ao Brasil

Montadora produzirá linha Trail e Supermotard de média cilindrada. Modelos terão motor de 610 cm³.

Por Leandro Alvares

Murillo Ghigonetto

A Husqvarna vai trazer duas belas novidades para o mercado brasileiro de duas rodas. Os modelos, que ainda não foram apresentados oficialmente para a imprensa especializada, fazem parte da linha trail e supermotard da fabricante européia e chegam equipados com um forte motor de 610 cm³.

Segundo representantes da montadora, a produção e montagem das novas TE 610 e SM 610 será feita no pólo industrial de Manaus, com inicio das vendas previsto já para o final de junho.

O grande destaque, no entanto, é que as motos estarão liberadas para rodar nas cidades ou estradas, algo que foge um pouco da tradição da marca, mas que promete chamar muito a atenção dos mais curiosos nas ruas.

Também, convenhamos. Querer se destacar no trânsito com estas belas máquinas não vai ser tarefa das mais complicadas. Donas de um desenho bonito e moderno, com traços inspirados nos modelos de competição, as novas TE 610 e SM 610 compartilham boa parte de seus equipamentos, como quadro e motor. No entanto, como são de categorias distintas, a carenagem e o pára-lama dianteiro as diferenciam.

O painel de instrumentos é o mesmo nas duas versões, com visualização digital de fácil leitura, mas simplificada. O tanque de combustível tem capacidade para 12,5 litros de combustível, e em suas laterais está fixada duas pequenas carenagens que dão um aspecto mais volumoso ao conjunto. O assento, curto, tem altura de 940 mm na TE 610 e 910 mm na versão SM 610. A rabeta curta e alta guarda os piscas, que por sua vez são pequenos e quase imperceptíveis com seu formato pontiagudo.
 
Sem deixar de lado a tradição, a Husqvarna equipa as duas motocicletas com verdadeiras usinas de força. Dessa forma, o propulsor é o mesmo nas duas motos, um monocilíndrico de quatro tempos com 576 cm³, arrefecimento líquido e injeção eletrônica, totalmente de acordo com as regras Euro 3 anti-poluição.

A potência é de 54 cv a 7.000 rpm, com torque de 5,2 Kgf.m a 6.500 rpm. O câmbio tem seis velocidades, com a transmissão final feita por corrente. Ainda na mecânica, os dois modelos estão equipados com um escape localizado na lateral esquerda das motos, algo não tão usual hoje em dia, mas não menos interessante visualmente.

Na parte ciclística nada fica a desejar. A suspensão dianteira é um garfo telescópico upside-down da Marzocchi e tubos de 45 mm com curso de 300 mm na TE 610, e 250 mm na SM 610. A suspensão traseira é do tipo monochoque da Sachs, com curso de 290 mm (SM 610 i.e) e 320 mm (TE 610 i.e), com possibilidade de ajuste na pré-carga da mola.

Os freios são da Brembo com disco simples de 320 mm na supermotard, e 260 mm na off-road. Na traseira o sistema também é da Brembo, com disco simples de 220 mm nos dois modelos. Na versão supermotard as rodas seguem o padrão da categoria, com 17 polegadas. Já no modelo de uso misto, o conjunto é formado por uma roda de 18 polegadas atrás, e outra de 21 polegadas na dianteira.

No Brasil, os dois modelos serão montados no pólo industrial de Manaus pelo Grupo Izzo, representante oficial da marca. Os preços sugeridos são de R$ 32.900 para a TE 610 e R$ 34.900 para a SM 610. Beleza e desempenho já são qualidades natas da Husqvarna com sua linha de motocicletas. Resta saber agora como o mercado brasileiro vai reagir a estas belas novidades.   

Fotos: Divulgação.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br