HOMENAGEM AO MUNDO DAS 4 RODAS

MOTO.com.br encontra uma Ferrari diferente para destacar o GP do Brasil de Fórmula 1.

Por Leandro Alvares

Apesar de pertencerem a segmentos diferentes, motos e carros sempre encontram um jeitinho para se relacionarem. O campo das competições comprovou isso neste ano, com os vários testes de Valentino Rossi — multi-campeão da MotoGP — pela equipe Ferrari de Fórmula 1, no início do ano.

Outro que andou acelerando monopostos da principal categoria do automobilismo foi o italiano Max Biaggi, em treinos com a equipe MF1. Recentemente, o astro do AMA Motocross Ricky Carmichael também demonstrou interesse pelas quatro rodas. E foi além: confirmou que vai correr nas categorias de base da Nascar em 2007.

Quem pensa seguir o mesmo caminho é Chad Reed, outra fera do AMA. O australiano já fez, inclusive, uma prova na categoria V8 Supercar, em sua terra natal, e disse ter gostado da experiência.

Por tais motivos, o MOTO.com.br sente-se à vontade para exaltar a 35ª edição do GP do Brasil de Fórmula 1. Como presente aos fãs de motos e carros, apresentamos uma inusitada Ferrari de duas rodas, a qual encontramos por acaso — infelizmente, sem quaisquer especificações.

A imagem, contudo, evidencia o uso de algumas partes da carenagem de um F-1 na construção da motocicleta: o bico do bólido vermelho e a cobertura do motor. Uma customizada de bom gosto, que chama muita atenção.

Para completar a homenagem à categoria das quatro rodas, destacamos a última corrida da temporada 2006, que antes mesmo de sua largada já tem como certo o registro de vários marcos.

O principal, sem dúvida alguma, envolve Michael Schumacher. O alemão fará em Interlagos a última corrida de sua carreira na categoria. Será a prova de número 250 no currículo do heptacampeão, que ainda alimenta uma pequena chance de conquistar mais um título.

Por falar no campeonato, outro ingrediente especial na etapa brasileira será essa definição. Afinal, Fernando Alonso e Schumacher entrarão no traçado paulista pensando única e exclusivamente na conquista do mundial: em nossa casa, ou será conhecido o mais jovem bicampeão ou o único octocampeão do “Circo da Velocidade”.

Para levantar o caneco pelo segundo ano consecutivo — novamente no Brasil —, Alonso precisa de apenas um ponto. Portanto, chegar em oitavo. Para o tedesco da Ferrari, a situação é mais complicada, pois terá de vencer e torcer para o rival não pontuar.

Interlagos contará com outras despedidas neste fim de semana. Alonso correrá pela última vez com a Renault. A partir de 2007, o asturiano será da McLaren, equipe que vai perder o finlandês Kimi Raikkonen para a Ferrari. Outro de mudança é o australiano Mark Webber, que trocará a Williams pela Red Bull. Quem também dará adeus em São Paulo será a Michelin, depois de cinco anos dividindo com a Bridgestone o fornecimento de pneus aos times.

GP do Brasil de Fórmula 1... A tradicional corrida do calendário está há 13 anos sem ser conquistada por um piloto da casa. Neste domingo, as esperanças de pódio serão conduzidas por dois pilotos de ponta: Felipe Massa, em sua primeira atuação em solo nacional com a Ferrari, e Rubens Barrichello, da Honda.

A decisão do torneio começa hoje, a partir das 11h, com a realização do primeiro treino livre. A definição do grid acontecerá às 14h do sábado, mesmo horário em que no domingo serão acionadas as luzes vermelhas para a largada da promissora corrida.

Para quem ama ou simplesmente aprecia o esporte a motor, a última prova da temporada 2006 da F-1 será um prato imperdível!

Confira o retrospecto dos favoritos à vitória no GP do Brasil:

Michael Schumacher (ALE/Ferrari)
1992: 3º
1993: 3º
1994: 1º
1995: 1º
1996: 3º
1997: 5º
1998: 3º
1999: 2º
2000: 1º
2001: 2º
2002: 1º
2003: Abandonou
2004: 7º
2005: 4º

Fernando Alonso (ESP/Renault)
2001: Abandonou
2002: Não disputou a temporada (era piloto de testes)
2003: Abandonou
2004: 4º
2005: 3º

Felipe Massa (BRA/Ferrari)
2002: Abandonou
2003: Não disputou a temporada (era piloto de testes)
2004: 8º
2005: 11º

Rubens Barrichello (BRA/Honda)
1994: 4º
2004: 3º
2005: 6º
- Abandonou em 93 e de 95 a 2003.

Kimi Raikkonen (FIN/McLaren)
2001: Abandonou
2002: Abandonou
2003: 2º
2004: 2º
2005: 2º

Giancarlo Fisichella (ITA/Renault)
1997: 8°
1998: 6°
1999: Abandonou
2000: 2°
2001: 6°
2002: Abandonou
2003: 1°
2004: 9°
2005: 5°

Curiosidades da corrida brasileira:

- Recorde de pole positions: Ayrton Senna (6 vezes)
- Recorde de vitórias: Alain Prost (6)
- Volta mais rápida em provas: Juan Pablo Montoya (1min11s473, em 2004)
- Menor diferença entre o primeiro e o segundo colocados: 2002 (Michael Schumacher ficou 0s588 à frente de Ralf Schumacher)
- Maior diferença entre o primeiro e o segundo colocados: 1994 (Michael Schumacher ficou uma volta à frente de Damon Hill)
- Menor número de carros que terminaram: 1977 (7)
- Maior número de carros que terminaram: 1997 (18)

Programação para o GP do Brasil 2006:

Sexta-feira (20)
11h-12h: treino livre F-1
14h-15h: treino livre F-1
15h20-15h55: treino livre Porsche Cup
16h05-16h40: treino livre Trofeo Maserati
16h50-17h25: treino livre F-Renault

Sábado (21)
11h-12h: treino livre F-1
14h-15h: classificação F-1
15h40-16h15: classificação Porsche Cup
16h25-17h: classificação Trofeo Maserati
17h10-17h45: classificação F-Renault

Domingo (22)
08h50-09h25: prova F-Renault
09h35-10h10: prova Trofeo Maserati
10h20-10h55: prova Porsche Cup
11h10-11h20: desfile de carros de serviço
12h30: desfile dos pilotos da F-1
13h30: formação do grid de largada da F-1
14h: prova F-1

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br