HelloBiker inova na comunicação

Produto permite a conversa entre piloto e garupa sem a necessidade de fios ou do uso das mãos.

Por Leandro Alvares

Aldo Tizzani

Ocupar um nicho de mercado composto por motociclistas Premium, ou seja, donos de motos de média e alta cilindradas, e oferecer um acessório indispensável a qualquer viagem sobre duas rodas. Assim é o HelloBiker, intercomunicador com a tecnologia Bluetooth, que permite a comunicação sem fio entre o piloto, o garupa e seus respectivos telefones celulares, sem a necessidade de tirar as mãos do guidão. O preço do kit, segundo a Dalgas, o importador do produto, é de R$ 840,00.

Apresentado na última edição da Automec, o HelloBiker é um acessório ideal para motociclistas que precisam ficar em contato constante com o garupa, mas também com o resto do mundo, por meio de seu telefone celular.

A tecnologia implementada no produto integra um sistema que suporta os dois protocolos Bluetooth para telefones celulares: HF (handsfree) e HS (headset). Além disso, o intercomunicador pode receber ligações telefônicas em seus respectivos celulares.

Quando uma ligação é aceita, a comunicação entre o motociclista e o garupa é imediatamente interrompida, e será restabelecida automaticamente ao término da ligação. É a tal da privacidade!

“O importante é não esquecer que o celular deve ser compatível com a tecnologia utilizada no HelloBiker”, explica Paulo Frisch, engenheiro-mecânico e diretor da Dalvas, empresa que também comercializa piloto-automático (cruise control) para motocicletas.

Produzido pela empresa italiana Spyball, o HelloBiker apresenta um módulo de controle menor que um maço de cigarros, que pode ser facilmente fixado na parte traseira de qualquer tipo de capacete. Com fácil instalação, o kit contém dois modelos de microfone para atender os capacetes abertos (com aste) ou fechados (instalado entre o tecido e a espuma interna do capacete). Como a maioria dos motociclistas tem mais de um capacete, o HelloBiker oferece ainda um segundo suporte de fixação, sem a necessidade de comprar outro módulo.

Para seu perfeito funcionamento, o aparato utiliza uma bateria recarregável de lítio polímero integrada ao módulo de controle. Isso proporciona até 12 horas conversação e um tempo de stand-by (espera) de até 20 horas, se utilizado por piloto e garupa. Para carregar a bateria, basta conectar o carregador ao módulo de controle. Detalhe: a Dalgas deve lançar em breve um kit xenon para motocicletas, batizado de Wide Viev.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br