Harley-Davidson aponta crescimento no Brasil em 2017

 
A Harley-Davidson divulgou nesta terça-feira (9) que, mesmo com a economia recessiva e o segmento de motocicletas em queda, em dezembro do ano passado, entre as montadoras que fabricam modelos de mais de 600 cilindradas, a H-DB registrou o primeiro lugar em participação de mercado, com 21%.

No comunicado a montadora afirmou que continua apostando a longo prazo no Brasil, que é referência de mercado com grande potencial em todo o continente latinoamericano. A marca tem uma operação local sólida e isso dá bases para que os desafios comerciais sejam enfrentados independentemente de qualquer crise. No acumulado do ano também houve crescimento, com 17,6% de participação, em comparação aos 13,7% de 2016. Com isso, a companhia torna-se uma das únicas que teve crescimento de market share no período anterior.

Confira as ofertas para você e sua moto no Shopping MOTO.com.br 

De acordo com a marca, o ano de 2017 foi repleto de desafios e bons resultados, finalizando o ano com 5.295 unidades fabricadas, crescimento de 12,2% em relação às 4.719 unidades produzidas em 2016. Isso se deve ao lançamento da linha 2018 que, com novos modelos no mercado nacional e uma família de motocicletas totalmente renovada, já estava disponível no último mês do ano em toda a rede de concessionárias da marca no País.
 
Para os próximos 10 anos, a Harley-Davidson Motor Company vai lançar 100 modelos em todo o mundo, uma estratégia agressiva a longo prazo, como parte das ações ligadas também à nova estratégia de comunicação global da companhia, “All For Freedom, Freedom For All”, que é a expressão de como a H-D vê o futuro, com intuito de construir as próximas gerações de pilotos da marca.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br