Greve de caminhoneiros afeta venda de motos em maio

Segundo balanço da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), foram vendidos 294.957 veículos em maio – uma queda de 5,21% na comparação com o mês anterior. As vendas diárias entre 21 e 30 do mês passado, período da paralisação dos caminhoneiros, caíram em média 15%

Confira os equipamentos disponíveis no Shopping.MOTO.com.br!

O setor de motocicletas emplacou 81.271 unidades no mês passado. Queda de apenas 1,07% em relação a abril, quando foram vendidas 82.149 unidades. No ano, já foram emplacadas 382.807 motos, aumento de 7,68% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo o Presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o mês de maio acompanhava a tendência positiva dos últimos meses, até o impacto causado pelas paralisações dos caminhoneiros.

Quer vender sua moto? Anuncie no MOTO.com.br!

"A partir do dia 25 de maio, o número de veículos emplacados começou a retrair. Este cenário ocorreu, entre outras razões, pela dificuldade de abastecimento de combustível, que fez com que os veículos, já prontos para entrega, não fossem conduzidos aos pátios dos Detrans para emplacamento", explicou o Presidente da entidade. Ainda segundo Assumpção Júnior, os reflexos da greve podem atingir também as vendas em junho.

Foto: Divulgação



Fonte:
Agência Infomoto




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br