DUCATI DE CORRIDA NAS RUAS

Montadora lança o modelo RR, uma cópia da moto utilizada na temporada 2006 da MotoGP.

Por Thiago Fuganti

Pilotar uma Ducati Desmosedici deixou de ser uma exclusividade dos pilotos Loris Capirossi e Sete Gibernau. A explicação é bem simples: a fabricante italiana de motocicletas lançou ontem, em Mugello, uma réplica da máquina utilizada na MotoGP, feita para rodar não nas pistas de corrida, mas sim nas ruas.

Batizada de RR, a versão traz visual idêntico ao do modelo GP6, utilizado no mundial de motovelocidade — inclusive na disposição das cores, com o tradicional vermelho e faixa branca na lateral. A “Ferrari” das motos tem motor de 898cc, quatro cilindros em L, 200hp de potência, injeção eletrônica, chassi triangular em aço e carenagem em fibra de carbono.

“Este é um momento muito importante para nós, trata-se de um sonho que se tornou realidade” disse Federico Minoli, presidente da Ducati Motor Holding. “Construir a Desmosedici RR significa oferecer ao cliente a mais alta tecnologia da Ducati, aliada à tradição de nossas motocicletas de competição”, destacou.

Para que seja uma produção exclusiva, a Ducati optou por não construir uma grande quantidade de RR’s. Em cada dia, será montada apenas uma moto, o que garantirá, segundo a montadora, a “atenção fanática a cada detalhe”.

“Isso vai fazer com que a RR seja um objeto de desejo dos ‘ducatistas’, e esperamos aumentar também a legião de fãs que temos espalhados pelo mundo”, completou o presidente.

Para Cláudio Domenicali, diretor de produção, o lançamento representou um novo ponto de referência na construção de máquinas de duas rodas. “Disponibilizamos os mesmos componentes de uma moto de corrida para esta de rua. A RR é um poço de tecnologia, é o retrato do modelo com que tentamos conquistar o título da MotoGP neste ano”, lembrou.

A Desmosedici RR chegará às lojas européias no mês de julho, com o preço de 55 mil euros (cerca de 160 mil reais). Mas os fanáticos “ducatistas” já poderão, a partir desta sexta-feira, reservar a sua motoca, entrando em contato com a fábrica da Ducati, na Itália.

Quem quiser ter idéia de quanto anda o equipamento, basta acompanhar o GP de Mugello de MotoGP neste fim de semana, ou uma das próximas etapas do campeonato. No mundial, a “irmã” da RR foi a vencedora da primeira corrida do ano, disputada em Jerez de La Frontera, na Espanha.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br