Customizadas no Salão de Acessórios

Evento para carros tunados e equipamentos de personalização também reuniu motocicletas.

Por Leandro Alvares

Aldo Tizzani

No estande da Volkswagen, o novo Golf causou frisson. No da Chevrolet, um Astra foi customizado em 93 horas utilizando apenas equipamentos originais GM — iPod e navegador, além, é claro, de uma pintura especial.

O Salão de Assessórios, realizado em São Paulo entre os dias 29 de março e 2 de abril, reuniu dezenas de carros tunados e fabricantes do setor que apresentaram o que há de mais moderno em termos de acessórios para a personalização e preparação de automóveis. Apesar da atmosfera voltada para o mundo das quatro rodas, algumas motos customizadas fizeram bastante sucesso.

Para a feira automotiva, a AZ Motorcycles levou cinco motos, uma mais radical que a outra. A primeira, uma Harley-Davidson Night Train, ganhou vários acessórios. O que mais chamou a atenção foram os escapes na cor laranja e, na parte traseira, a roda toda fechada calçada com um belo pneu de 240 mm.

Ao lado, uma HD Sportster, com motor de 1200 cilindradas. Esta Harley tem um tanque de gasolina pequeno e muitos itens de personalização: manoplas, manetes, espelhos retrovisores, guidão e filtro esportivo. Com o escape no melhor estilho Jesse James (com curvas) e várias alterações em sua motorização, o modelo XL 883 passou a ter 1200 cm³ (originalmente este ícone americano tem 883 cm³). Esta chopper tem pintura tricolor — preta, branca e laranja —, tanque de gasolina alongado, além de roda dianteira de aro 17” na dianteira, com discos de freio flutuantes.

Outra moto fabricada pelo estúdio de customização de São Paulo foi a Kasinski V-Power 650. Com pintura preto fosca e faixa vermelha, que vai do pára-lama até a rabeta,  a máquina lembra muito a V-Rod, projeto concebido pela HD em parceria com fábrica alemã de automóveis Porsche.

Para completar o quinteto criativo, a AZ Motorcycles exibiu uma Suzuki Boulevard 1500 com muitas peças cromadas. Tampas laterais, disco, pinça de freio e mata-cachorro brilhavam nesta big custom.

Outro customizador também participou do Salão de Acessórios, Gilberto Rosa, o popular Betão, da Easy Raiders Motors, de Balneário Camboriú (SC), trouxe três de suas obras-de-arte. Destaque para a radical Yamaha Royal Star 1300. Com idéias muito criativas e peças feitas de forma artesanal, nasceu um “besouro verde” sob duas rodas.

O que mais impressionou neste projeto foram os “canecos” do carburador, cujos tubos ficam aparentes, já que atravessam o tanque de combustível, além da balança traseira, que recebeu um pneu Metzeler de 280 mm.

Alarmes e desenhos

Logo na entrada da feira, em meio a carros importados, uma Kawasaki ZX-10 atraía o público para o estande da Forest Trade. Comercializada por cerca de R$ 60 mil, a moto japonesa é uma referência entre as superesportivas, pois traz design arrojado e motor que gera 173 cv de potência máxima.

Andando pelos corredores do pavilhão vermelho do Expo Center Norte, uma parada no estande da PST Eletrônica. Destaque para uma Honda CG totalmente modificada, pintada em amarelo e dourado e equipada com o novo alarme Duoblock para Titan 150 e Fan 125, da Pósitron.

Segundo Kelly Nakaura, do departamento de marketing da PST, a empresa apresentará alarmes originais de fábrica para modelos de baixa cilindrada. “Estamos fazendo os últimos acertos com a montadora”, conta Kelly, dizendo que a marca Pósitron também fabrica rastreadores para motos.

No outro lado do pavilhão de exposição, alunos de design da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) faziam desenhos de carros, caminhões e motos futuristas. Num dos painéis, uma Honda estilizada com motor “V2” e monoamortecedor. O desenho desta naked foi feito pelo aluno Carlos Eduardo de Carvalho para a disciplina Desenho e Ilustração.

Fotos: Henrique Castro.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br