Brasil: mais de 25% de veículos irregulares

Denatran quer instalar chips eletrônicos nos carros e motos para identificar infratores.

Por Leandro Alvares

De acordo com o Diretor Geral do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Alfredo Peres, 42 milhões de veículos em circulação no país estão irregulares.

Esse número representa mais de 25% da frota total de veículos no Brasil. “Só em São Paulo, que tem cinco milhões de veículos, são 1,7 milhão de veículos inadimplentes”, informa o diretor.

Nesta semana, Peres esteve em São Paulo para participar de um Workshop, no qual foram discutidas novas alternativas para o trânsito brasileiro. Entre os objetivos, está a implantação de um chip eletrônico nos carros e motocicletas para identificar os infratores.

Para o Denatran, a medida tende a melhorar a situação de irregularidade encontrada atualmente. Somente na capital paulista, a identificação dos veículos significaria uma receita de R$ 1,7 bilhão em arrecadação de IPVA, multas, DPVAT e licenciamento.

“Com a placa eletrônica, um chip envia informações do veículo onde quer que ele esteja”, finaliza o diretor.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br