BOM FEVEREIRO PARA O MERCADO

Produção cresce, vendas aumentam no país, mas exportações caem.

Por Thiago Fuganti

Se janeiro foi positivo para o mercado brasileiro de motocicletas, o mês de fevereiro não se fez de rogado. De acordo com as estatísticas da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), a produção registrada foi de 107 mil e 512 motos, contra pouco mais de 102 mil unidades produzidas em janeiro.

Os números significaram um aumento de 5,2% da produção de fevereiro sob o primeiro mês de 2006. Se comparados o acumulado de janeiro a fevereiro deste ano com o mesmo período de 2005, o aumento foi ainda maior, chegando a um volume de produção 24,1% superior.

No mercado interno, de janeiro a fevereiro foram vendidos 188.328 equipamentos, contra 134.861 unidades comercializadas no mesmo período de 2005. Portanto, um aumento de 39,6% das vendas de janeiro a fevereiro entre os dois anos. Só no último mês, foram vendidas 101.444 motocicletas. Se comparado com as vendas de janeiro de 2006, o incremento foi de 16,7%.

As exportações, no entanto, caíram no último mês, quando comparadas com a quantidade de motocicletas exportadas no mesmo período de 2005. Em fevereiro, 17.589 motocas foram vendidas no mercado externo, número que foi 2,5% inferior ao mesmo período do ano passado quando 18.029 unidades foram exportadas.

Na comparação dos dois primeiros meses de 2006 com o mesmo período do ano passado, o volume de exportações foi superior. Neste ano, de janeiro a fevereiro, 30.977 motocicletas foram exportadas, contra 29.773 unidades vendidas no mercado externo durante idêntico período em 2005. Mesmo assim, baseada nas perspectivas da Abraciclo, as exportações sofrerão queda de 6% em 2006.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br