BMW DO BRASIL REALIZA RECALL

Ação é voltada ao sistema de freios I-ABS dos modelos R e K, fabricados entre 2001 e 2005.

Por Thiago Fuganti

Um teste de segurança realizado no sistema de freios dos modelos R e K, fabricados entre 2001 e 2005, motivou a BMW a fazer um recall para os consumidores de suas motocicletas no Brasil. Confira abaixo o comunicado divulgado pela fabricante:

Convocamos os proprietários das BMW modelos R e K, de 2001 a 2005 e equipadas com sistema de freios I-ABS (Integral Anti-Block System), a comparecer na concessionária autorizada mais próxima para verificação do sistema de freios.

A BMW do Brasil teve notícia de sua matriz, na Alemanha, sobre uma campanha de fábrica envolvendo alguns modelos de motocicletas, de anos de fabricação distintos e que possuem o dispositivo de auxílio de frenagem I-ABS (Integral Anti-Block System).

Durante a realização de severos testes de segurança nas motos, notou-se o mau funcionamento do referido sistema. A combinação de uma bateria enfraquecida e repetidas frenagens com ação efetiva do I-ABS sob circunstâncias extremas como as experimentadas nos testes realizados podem levar o conjunto ao seu limite técnico e, conseqüentemente, não executar sua função de controle.

Portanto, existe a possibilidade das rodas travarem nesta situação específica, como ocorreria em um sistema convencional de freios, o que levaria a distâncias maiores de frenagem e eventual acidente.
 
Essa medida é apenas preventiva, visando garantir a confiabilidade, conforto e a segurança dos consumidores BMW, uma vez que nenhuma ocorrência de mau funcionamento do I-ABS das motocicletas inseridas nesse chamamento foi registrada no Brasil até o momento, durante suas condições normais de uso, seja no tráfego urbano, estradas, pistas de corridas, fora-de-estrada e/ou congestionamentos.
 
O prazo para a realização do trabalho de verificação do sistema de freios é de, aproximadamente, uma hora em cada moto, sem nenhum custo. Será fornecido, ainda, um encarte adicional ao manual do proprietário, no qual deverá ser incorporado explicativo um sobre o funcionamento do I-ABS.

Para mais informações, entre em contato com a concessionária autorizada mais próxima.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br